Dengue ou Covid-19? Saiba as diferenças entre as duas doenças

A dengue causa mais dores musculares e à Covid-19 alterações no sistema respiratório

A pessoa que está infectada por um dos vírus pode ser infectada pelo outro
A pessoa que está infectada por um dos vírus pode ser infectada pelo outro - Shutterstock

por Julia Natulini
Publicado em 25/05/2021 às 17:48
Atualizado às 17:48

COMPARTILHEFacebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

Febre, dores de cabeça e no corpo são sintomas comuns nas duas doenças. Nos tempos atuais, podem levar uma pessoa a pensar que contraiu à Covid-19. No entanto, há algumas diferenças entre elas. 

Segundo o Dr. Fábio Zanatta, anestesiologista a grande diferença é que a dengue causa mais dores musculares, diferente da Covid-19 que tem sintomas restritos ao sistema respiratório. “A dengue é uma doença viral assim como o coronavírus, mas ela não tem predileção para infectar o pulmão, causando os sintomas respiratórios.

"Os sintomas mais comuns são as dores musculares no corpo, nos olhos, na cabeça, sintomas gastrointestinais como vômitos, náuseas, calafrios, manchas e pontinhos avermelhados na pele e febre alta acima de 39°C.

"Já a Covid-19 também é uma infecção viral porém compromete o sistema respiratório,  ou seja, tem mais foco pulmonar e das vias aéreas, que apresenta alguns sintomas como congestão nasal, corrimento nasal, mal-estar por falta de ar e problemas respiratórios com os quadros mais graves, levando a sintomas como desmaios, hipotensão e necessidade de tratamento agudo da insuficiência respiratória”, explica.

A transmissão da dengue
A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti infectado pelo vírus da dengue. Ao picar a pessoa, ele transmite o vírus, que entra na corrente sanguínea e vai infectar as células provocando sua replicação.  Essa replicação viral vai levar então a processos inflamatórios que ativam o sistema imunológico a atacar as células infectadas.

Assim, esse ataque causa destruição de algumas células que provocam então a sintomatologia e gravidade da doença. O processo inflamatório leva a febre, proporcional a gravidade do ataque pelo corpo a essas células. Essa é a causa e ação do vírus da dengue no corpo que pode será mascarado pelo quadro clinico de uma gripe grave.

Como é que e feito o tratamento para a dengue?
A dengue por ser um vírus, não tem tratamento e nem vacina. São recomendados o uso de analgésicos para as dores no corpo e dores de cabeça,  antitérmicos para a febre. Além de beber bastante líquidos para evitar a desidratação com piora do quadro clínico, antieméticos para náuseas e vômitosnos casos mais graves. 

Existe a  dengue hemorrágica, que é quando o paciente deve ser encaminhado para um hospital fazer o suporte clínico mais complexo, monitorização dos sintomas hemorrágicos e caso necessite de transfusões sanguíneas.

Caso uma pessoa esteja infectada com Covid-19 ela pode ter dengue?
"Sim com certeza.  A pessoa que está infectada por um dos vírus pode ter uma infecção  por outro. Tanto um paciente com Covid-19 como no caso inverso. Podem ser infectados simultaneamente por ambos. Por esse motivo, o ideal é ter muito cuidado com a transmissão do coronavírus".

Manter o distanciamento social, fazer as medidas proteção, de higiene pessoal e local, e usar a máscara corretamente. No caso da dengue, é necessário ter cuidado com o acúmulo de água em pratos de plantas, pneus, objetos e terrenos baldios que não são limpos  ou cobertos e não possuem proteção das chuvas. Com esse cuidado, há a diminuição da quantidade de mosquitos e assim o risco dele se multiplicar diminui", finaliza o Dr. Fábio. 

Consultoria: Dr.Fábio Zanatta, anestesiologista. 

Leia também