Cláudia Rodrigues pode sofrer novo surto de esclerose múltipla

Segundo a assessoria de imprensa, a atriz teve que pausar a medicação para receber a vacina contra a Covid-19 o que agravou o quadro da doença

Cláudia Rodrigues está internada desde a última sexta-feira (9)
Cláudia Rodrigues está internada desde a última sexta-feira (9) - Instagram: claudia_rodrigues_oficial

por Julia Natulini
Publicado em 16/07/2021 às 17:26
Atualizado às 19:20

COMPARTILHEFacebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

A atriz Cláudia Rodrigues está internada no hospital Albert Einstein, em São Paulo desde a última sexta-feira (9), devido a uma piora no seu quadro de esclerose múltipla que teve de ser interrompido durante 3 meses para receber a imunização contra a Covid-19. De acordo com a assessoria da humorista, foi cogitada a possibilidade de ser um surto de esclerose múltipla, doença neurológica que ela descobriu há mais de 13 anos.

O site famosos e celebridades publicou a manifestação da Adriane Bonato, assessora de imprensa. "Alguns resultados nos levaram a entender que o que Claudia está tendo é um possível aviso de um novo surto”. A representante da assessoria complementou ainda, “como ela está sem medicação da esclerose, não queremos que isso demore a acontecer, pode ser trágico. Já aconteceram casos de óbito por fazerem 'essa quebra de protocolo', e isso estávamos evitando fazer", disse.

Segundo o Dr. Antonio Ganme, infectologista e coordenador da UTI da Rede D’Or, o ideal seria que a atriz tivesse recebido a vacina Janssen, que é dose única, logo ela não precisaria esperar por esse tempo sem receber a medicação de apoio ao tratamento da esclerose múltipla”.

Entretanto, como a Janssen chegou ao Brasil recentemente,  Cláudia Rodrigues foi imunizada com  primeira dose da vacina Pfizer em maio e nesse intervalo de tempo foi obrigada a parar de tomar a medicação, e a previsão da segunda dose seria em agosto.

Consultoria: o Dr. Antonio Ganme, infectologista e coordenador da UTI da Rede D’Or.

Leia também