Novo medicamento para tratar a doença de Alzheimer é aprovado

O 'aducanumab' é destinado para o tratamento dos pacientes em estágio inicial

Não é recomendado usar esse medicamento na fase moderada ou adiantada
Não é recomendado usar esse medicamento na fase moderada ou adiantada - Shutterstock

por Julia Natulini
Publicado em 10/06/2021 às 09:00
Atualizado às 10:00

COMPARTILHEFacebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

A Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora de medicamentos norte-americana aprovou o remédio aducanumab, da farmacêutica Biogen Inc’s destinado a pacientes que estão no início do Alzheimer.

De acordo com o Dr.Wanderley Cerqueira, neurologista, essa é uma alternativa para tratar a doença, uma vez que ela não tem cura. “Não é recomendado usar na fase moderada ou adiantada. O ideal é na fase inicial, pois quando já está instalada em graus avançados não há como reverter o quadro”, explica.

Desde 2013 não teve um remédio eficaz. Cientistas afirmam que esse poderá ser o primeiro grande avanço, em 20 anos, no tratamento da patologia degenerativa do cérebro, destacou o portal Life Style ao Minuto.

Vale ressaltar que existem caminhos para prevenir a doença, como ter uma alimentação balanceada, ou seja, incluir na dieta peixes, vegetais e frutas que ajudam a nutrir corretamente o cérebro. É essencial praticar atividade física, controlar a pressão alta, diabetes, dormir 8 horas por dia e também jogar palavra cruzada e jogos de estratégia.

Leia também