Hérnia inguinal: entenda a condição de Arthur Aguiar

Cantor e campeão da última edição do BBB precisou adiar sua turnê para realizar cirurgia de urgência. Saiba o que é a hérnia inguinal

Veja o que é a hérnia inguinal, motivo da cirurgia de Arthur Aguiar
Veja o que é a hérnia inguinal, motivo da cirurgia de Arthur Aguiar - Reprodução Instagram @arthuraguiar

por Redação SD
Publicado em 06/06/2022 às 12:00
Atualizado às 12:00

Facebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

O cantor e atual campeão da última edição do Big Brother Brasil, Arthur Aguiar, anunciou em suas redes sociais, na sexta-feira (03), que precisou adiar sua turnê para realizar uma cirurgia de emergência, devido a uma hérnia inguinal. Apesar de ser uma novidade para os fãs, o artista já sabia do problema desde antes de entrar no BBB 22. Mas, segundo ele, o quadro evoluiu nos últimos dias e seu médico o orientou a operar para evitar complicações mais graves.

“Estou muito triste com isso, porque vocês sabem que essa turnê é um grande sonho. É o sonho da minha vida. Estava dando tudo de mim para entregar esse presente para vocês, preparando tudo com muito carinho, tudo pensado nos mínimos detalhes. Mas, no momento, eu preciso priorizar a minha saúde e estar 100% bem para entregar tudo o que vocês merecem”, desabafou Arthur em seu Instagram, explicando a situação para seus fãs.

O QUE É A HÉRNIA INGUINAL

A hérnia inguinal, problema responsável por adiar a turnê de Arthur Aguiar, é um problema que ocorre quando uma parte de tecido do intestino se desloca através de um orifício ou fraqueza muscular e provoca uma protuberância na região da virilha. Isso pode acontecer por causa de problemas congênitos ou devido a condições e hábitos que aumentam a pressão abdominal como, por exemplo, constipação, obesidade e tabagismo.

Segundo a Sociedade Brasileira de Hérnia e Parede Abdominal (SBHernia), a hérnia inguinal, quando não é diagnosticada e tratada corretamente, pode provocar consequências graves para o paciente, como o comprometimento do fluxo sanguíneo na região afetada e até mesmo o risco de necrose.

A instituição também afirma que a hérnia inguinal “ocorre na virilha (zona de junção entre a coxa e a parte inferior do abdome) e representa o tipo mais comum de hérnia (corresponde a 75% de todas as hérnias). Os homens são os mais vulneráveis a esse tipo de hérnia devido a fraqueza na parede muscular criada pela passagem do testículo para a bolsa escrotal. Hérnias grandes ou volumosas podem descer em direção aos testículos e são chamadas de hérnia inguinoescrotal”.

A hérnia pode surgir em qualquer pessoa, mas costuma acometer mais os adultos. Entre os principais sintomas da condição, segundo a SBHérnia, estão:

  • Aumento de volume localizado principalmente quando o paciente faz manobras de aumento da pressão intra-abdominal e/ou exercícios físicos;
  • Melhora dos sintomas com o paciente em repouso ou decúbito (com o corpo deitado);
  • Dor ou desconforto associado a aumento da pressão abdominal e/ou exercícios físicos;

Em casos mais simples, apenas o acompanhamento médico já é o suficiente para controlar e tratar a hérnia inguinal. No entanto, quando o problema evolui para quadros mais avançados, a intervenção cirúrgica é necessária. Nesse caso, o tecido que provoca a protuberância abdominal é colocado no lugar correto novamente e uma tela de proteção é fixada na região, para evitar que o problema se repita.

Fonte:Sociedade Brasileira de Hérnia e Parede Abdominal (SBHernia).

Leia também