Maio Verde: Mês de prevenção e combate ao glaucoma

Essa doença crônica na maioria dos casos atinge pessoas com mais de 40 anos

O glaucoma pode ser definido como o aumento da pressão intraocular
O glaucoma pode ser definido como o aumento da pressão intraocular - Shutterstock

por Julia Natulini
Publicado em 18/05/2021 às 15:42
Atualizado às 18:22

COMPARTILHEFacebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

O glaucoma é silencioso e atinge o nervo ótico como se fosse um cabo de comunicação que comunica o olho ao cérebro. Pelo menos 2% da população brasileira acima dos 40 anos sofre com esse problema e não é à toa que foi criado o maio verde como o mês de prevenção e combate a essa doença crônica.

Segundo o Dr. Alexandre Misawa, oftalmologista do HSANP, o diagnóstico é feito no consultório médico e após identificar o problema é solicitado exames complementares. “O glaucoma pode ser definido como o aumento da pressão intraocular, que não tem nenhuma relação com a pressão do corpo, pois não existe máxima nem mínima, ela varia em torno de 10 e 20 milímetros de mercúrio”, explica.

Essa doença está relacionada a históricos familiares, pessoas na faixa etária dos 40 anos em diante, afrodescendentes, míopes, diabéticos ou usuários de colírios com corticoide na composição. Esse grupo de risco deve ficar mais atento, porém o objetivo do maio verde é conscientizar a população de forma geral e incentivar que façam exames de rotina para saber como está a saúde dos olhos.

Em alguns casos quando há sintomas os mais comuns são, dor ocular, lacrimejamento, vermelhidão dos olhos ou visão embaçada, dificuldade para enxergar no escuro, náusea e vômito ou até mesmo ou aumento da pupila.

O médico comenta ainda que essa doença não tem cura, mas existe o controle com colírios, cirurgia ou laser. “Se o paciente fizer o diagnóstico precoce, acompanhamento clínico uma vez ao ano e usar os colírios, dificilmente terá a perda da visão”, finaliza o Dr. Alexandre Misawa.  

Consultoria: Dr. Alexandre Misawa, médico oftalmologista do HSANP

Leia também