Obesidade: Conheça as doenças que ela pode provocar

Segundo o especialista Cid Pitombo diversos problemas de saúde podem surgir na vida de um obeso

O obeso só chega ao acúmulo excessivo de peso porque tem disfunções em seu organismo
O obeso só chega ao acúmulo excessivo de peso porque tem disfunções em seu organismo - Shutterstock

por Redação SD
Publicado em 29/06/2021 às 11:17
Atualizado às 11:17

COMPARTILHEFacebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

A obesidade está relacionada à diversas doenças crônicas. O maior risco é para diabetes mellitus. No Brasil, a prevalência de diabetes em adultos com peso normal ou baixo é de 5,4%, e na população com obesidade é mais que o dobro (14,0%), ou seja, a chance é 2,4 vezes maior para homens e 1,8 vezes maior para mulheres.

Já a chance de ter o diagnóstico de hipertensão é 2,8 vezes maior entre os homens e 2,4 vezes maior em mulheres obesas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 13 em cada 100 casos de câncer no nosso país são atribuídos ao sobrepeso e à obesidade. 

Segundo o Cid Pitombo, especialista em tratamentos de obesidade e cirurgia bariátrica, a Covid atingiu em cheio os obesos e auxiliar no emagrecimento da população é um caso de saúde pública. “Cerca de 60% da população brasileira já está acima do peso e 20% obesa. No futuro, nossos sistemas de saúde não darão conta de tanta gente doente. As consideradas primeiras comorbidades na Covid, que são as doenças cardiovasculares e estão diretamente ligadas ao acúmulo de gorduras nas artérias".

Pitombo acrescenta que não pode minimizar o problema. Achar que as pessoas conseguem resolver sozinhas a obesidade. "O obeso só chega ao acúmulo excessivo de peso porque tem disfunções em seu organismo que o levam a sofrer vários processos juntos que culminam na maior retenção de calorias”. 

O aumento de apetite e prazer com a alimentação ocorre em muitas pessoas, mas nem todo obeso come muito. Existem fatores biológicos, genéticos, ambientais, sociais e psicológicos que atuam na base do problema. E essas precisam de ajuda para emagrecer e não de preconceito, ou seja, sem colocá-las como culpadas. 

Confira as 15 principais doenças que atingem mais os obesos do que indivíduos com peso normal:

1 - Acidente vascular cerebral
Estar acima do peso pode aumentar muito o risco de um derrame cerebral, quando o sangue para de fluir para o cérebro.

2 - Depressão
A obesidade também pode ter um efeito profundo na saúde mental. Isso inclui um risco maior de depressão, baixa autoestima e problemas com a imagem corporal.

3 - Ataque cardíaco
A obesidade pode provocar colesterol alto, diabetes, pressão alta e todos esses problemas podem levar a problemas cardíacos, entre eles o infarto.

4 - Apneia do sono
A obesidade pode deixar as vias respiratórias obstruídas. O excesso de gordura corporal fica acumulado nos órgãos, como na parede da traqueia e nos músculos da língua, favorecendo a obstrução das vias aéreas. A apneia do sono é constatada em 70% dos obesos. Em obesos mórbidos, a prevalência pode chegar a 80%. A doença pode ocorrer em qualquer idade, mas está presente principalmente em homens obesos com idade de 40 e 60 anos.

5 - Doenças no fígado
A gordura visceral que se instala no fígado pode levar a problemas e até mesmo a uma falência do órgão.

6 - Refluxo gástrico
Há alto risco do refluxo gástrico, quando ácidos do estômago voltar para o esôfago, ocorrerem em pessoas com obesidade.

7 - Câncer
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 13 em cada 100 casos de câncer no nosso País são atribuídos ao sobrepeso e à obesidade. Os mais comuns que podem ser relacionados ao excesso de peso são de fígado, rins, colo-retal, pâncreas. Mas até o câncer de mama pode ter relação.

8 - Problemas de pele
Obesos costumam apresentar erupções ou dermatites, sobretudo em dobras ou vincos da pele.

9 - Problemas na vesícula
O excesso de peso pode provocar a formação de pedras na vesícula, que demandam uma cirurgia para retirar.

10 - Diabetes tipo 2
A obesidade pode tornar o seu corpo resistente à insulina e provocar o acúmulo de glicose (açúcar) no sangue, aumentando o risco de desenvolvimento de diabetes. A população obesa tem o dobro de incidência de diabetes do que os demais.

11 - Doença Renal Crônica
Uma das possíveis evoluções da hipertensão e da diabetes é a falência renal, quando os rins param de funcionar e a pessoa precisa fazer hemodiálise para sobreviver.

12 - Fraqueza óssea e muscular
A obesidade e a falta de exercícios podem levar a um enfraquecimento e à perda de massa óssea e muscular. Os rins afetados também podem prejudicar a absorção de cálcio. As fraturas podem ocorrer.

13 - Infertilidade
A obesidade pode prejudicar a capacidade de ovular e engravidar, assim como pode levar a mais problemas de gestação, como a pressão alta que pode provocar pré-eclâmpsia ou eclâmpsia.

14 - Dor nas articulações
O excesso de peso aumenta a pressão nas articulações, podendo culminar em dor e rigidez.

15- Hipertrofia Ventricular
O coração é um órgão composto por músculos, sendo o responsável pelo bombeamento de sangue para todo o corpo. A hipertrofia ventricular acontece quando o músculo do coração aumenta muito de tamanho, o que pode resultar em parada cardíaca repentina.

Consultoria: Cid Pitombo, especialista em tratamentos de obesidade e cirurgia bariátrica por videolaparoscopia.

Leia também