Dentes fraturados ou quebrados: Saiba o que fazer

Especialista fala sobre o aumento desses casos durante a pandemia

Após realizar o processo de restauração do dente é necessário seguir todas as orientações passadas pelo cirurgião-dentista
Após realizar o processo de restauração do dente é necessário seguir todas as orientações passadas pelo cirurgião-dentista - Shutterstock

por Redação SD
Publicado em 29/06/2021 às 14:25
Atualizado às 15:16

COMPARTILHEFacebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

Desde o início da pandemia as pessoas sentiram o efeito de ficar em casa e uma das consequências são sentidas nos consultórios odontológicos. Segundo dados da rede de clínicas OdontoCompany, o número de pacientes que procuram atendimento com o dente quebrado, fraturado ou com desgaste acima da média aumentou de maneira significativa. "Hoje constatamos que mais do que no ano passado este número vem crescendo sensivelmente”, relata o Dr. Paulo Zahr, cirurgião-dentista pela Universidade do Oeste Paulista.

Segundo o especialista, quando o paciente apresenta essas fraturas os procedimentos podem variar. “Quem sofreu uma lesão pequena, ou seja, quando o dente “lasca”, é necessário polir e criar uma superfície lisa. A restauração é feita naquelas pessoas que não encontraram a parte quebrada do dente. Então, nesse caso a solução é refazer com o uso de resina e preenchimento da parte fraturada para devolver ao dentes suas formas naturais.  

“Nos casos em que a fratura é grande, a ponto de impossibilitar o trabalho do dentista em restabelecer o dente, a extração é indicada para aliviar a dor e as chances de infecção. Esses procedimentos são adotados principalmente nos casos em que a fratura ultrapassa a linha da gengiva. 

Se o dente sofreu um trauma muito grande, é necessário a colocação de uma coroa de porcelana. Ela tem o objetivo de devolver as funções normais do dente e, quando produzida em cerâmica, pode render excelentes resultados.  Se a parte interna ficou exposta após a fratura, é recomendado também um tratamento de canal no dente quebrado, pois a polpa pode até mesmo, necrosar. 

Após esse processo é necessário seguir todas as orientações passadas pelo dentista. Portanto, o paciente precisa tomar a medicação prescrita, caso necessário utilizar bolsas de gelo para reduzir o inchaço, adotar uma alimentação líquida ou pastosa nos primeiros dias, realizar a limpeza bucal com uma escova de cerdas macias e fio dental, além de fazer o acompanhamento odontológico regular.

Como manter a higiene bucal adequada?
Segundo matéria do site Alto Astral, "a higiene oral deficiente leva à formação de saburra, um material viscoso e esbranquiçado ou amarelado, que adere ao dorso da língua, gerando componentes de cheiro desagradável", diz o cirurgião-dentista Hugo Lewgoy.  

Além da escovação com creme dental, uso de enxaguantes bucais e fios-dentais sempre ao acordar, após as refeições e antes de dormir, outros cuidados podem ser incorporados a essa rotina para garantir resultados mais efetivos, como uma limpeza específica para a língua.
Para saber mais em como acabar com esse desconforto, confira no Alto Astral.

Consultorias: Dr. Paulo Zahr, cirurgião-dentista pela Universidade do Oeste Paulista,  cirurgião-dentista Hugo Lewgoy e o site Alto Astral.

Leia também