Perda de memória e dificuldades de atenção podem ser sequelas da Covid-19

Mesmo quem contrai à forma mais leve da doença pode apresentar sequelas cognitivas

Perda de memória à curto prazo e problemas de atenção são algumas das sequelas após o contágio da Covid-19
Perda de memória à curto prazo e problemas de atenção são algumas das sequelas após o contágio da Covid-19 - Shutterstock

por Julia Natulini
Publicado em 07/06/2021 às 16:32
Atualizado às 16:32

COMPARTILHEFacebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

A Covid-19 ainda é um mistério para médicos e cientistas. Desde o início de 2020, quando os primeiros casos começaram a chamar atenção, milhares de profissionais e pesquisadores da área de saúde têm corrido contra o tempo para entender os mecanismos da doença.

Muitas perguntas não têm respostas definitivas. Porém, segundo um estudo recente realizado pelo Incor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas) aponta que mesmo às pessoas que contraem a forma mais leve da doença ou são assintomáticas podem apresentar sequelas cognitivas, ou seja, estão sujeitas à sofrerem confusão mental, dificuldade de concentração ou atenção, perda de memória, problemas de compreensão ou entendimento, mudanças comportamentais e emocionais. 

O estudo conduzido pela Dra. Lívia Valentin, neuropsicóloga do Incor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina (FMUSP), revela que 63% das pessoas investigadas relataram perda de memória a curto prazo e 72% apresentaram problemas de atenção depois de contraírem Covid-19.

“Esses problemas de perda de memória e de falta de atenção podem afetar atividades básicas do cotidiano como dirigir, cozinhar, escrever e até perda da agilidade mental”, ressalta Maura Barcelos, neuropsicopedagoga e autora do método Memonie - Atenção, Cognição e Memória. 

De acordo com Maura, quando isso acontece, é necessário procurar um especialista para verificar a necessidade de tratamentos medicamentosos ou fitoterápicos e a reabilitação cognitiva. “Uma em cada 8 pessoas que contraem Covid-19 apresenta sequelas cognitivas e se não procurarem ajuda logo elas podem ter prejuízos mentais, emocionais e sociais no futuro.

O Método Memonie realiza atividades de estimulação para a atenção, cognição e memória, diminuindo a defasagem cognitiva”, finaliza a neuropsicopedagoga. 

Leia também