Transtorno bipolar: entenda a condição de Kanye West

Rapper que lança hoje o álbum Donda 2 revelou em 2018 que foi diagnosticado com transtorno bipolar

Transtorno bipolar atinge milhões de pessoas no mundo
Transtorno bipolar atinge milhões de pessoas no mundo - Reprodução YouTube (Canal: Kanye West)

por Redação SD
Publicado em 22/02/2022 às 07:00
Atualizado às 07:00

Facebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

O transtorno bipolar é uma condição, até certo ponto, comum, que atinge milhões de pessoas pelo mundo. E uma delas, talvez a mais famosa de todas, é justamente o rapper Kanye West – que prefere ser chamado apenas de Ye.

O cantor de 44 anos lançará hoje (22), o seu décimo primeiro álbum. A diferença é que, dessa vez, a obra denominada Donda 2 estará disponível apenas na Stem Player, sua própria plataforma de reprodução musical.

Em 2018, no entanto, o cantor revelou em uma de suas obras que havia sido diagnosticado com um transtorno bipolar. Uma condição que afeta a saúde mental e o comportamento dos pacientes que a possuem.

Entenda o transtorno bipolar

O transtorno bipolar, de acordo com a ABRATA (Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos), é uma doença causada por distúrbios biológicos, neuroquímicos e psicossociais. O problema costuma provocar alterações de humor e alternâncias de estado mental que podem ir de momentos de grande euforia à quadros depressivos intensos.

A condição, segundo dados da associação, afeta aproximadamente 140 milhões de pessoas no mundo e pode ter origem genética. O transtorno bipolar, geralmente, se manifesta entre os 18 e 25 anos de idade e, em casos mais graves ou sem acompanhamento médico, podem provocar, inclusive, tentativas de suicídio.

Por isso, trata-se de um problema grave, que merece grande atenção da sociedade. No entanto, a estimativa é de que os pacientes demorem cerca de 10 anos para serem diagnosticados corretamente. O motivo para tanta demora, geralmente, tem ligação com falta de informação e preconceito.

Principais sintomas

  • Irritabilidade;
  • Hiperatividade;
  • Insônia;
  • Impulsividade;
  • Psicose;
  • Tristeza sem motivo aparente;
  • Perda de interesse em prazeres;
  • Memória fraca;
  • Perda de energia;
  • Pensamentos suicidas;
  • Delírios;
  • Alucinações;
  • Ansiedade;
  • Fuga de ideias;
  • Transtorno do pensamento;
  • Lentidão psicomotora.

Tratamento

Se você apresenta um (ou mais) desses sintomas com certa frequência, é fundamental ter atenção. O seu caso pode não ser, simplesmente, uma pequena alteração de humor. Vale lembrar que o transtorno bipolar é uma condição comum na sociedade, mas o tratamento correto da doença pode garantir a qualidade de vida e o bem-estar do paciente.

O tratamento do problema necessita da orientação de um profissional de saúde devidamente capacitado. Dessa maneira, podem ser utilizadas diversas estratégias, como o uso de medicamentos específicos, psicoterapias ou simples mudanças no estilo de vida. Cada caso precisa ser analisado de maneira individual.  

Fontes:ABRATA e Hospital Santa Mônica

Leia também