Alimentos que aumentam a imunidade: 10 opções para turbinar a saúde

Saiba o que incluir na dieta para evitar possíveis infecções e mantenha o organismo saudável com os alimentos que aumentam a imunidade

Alimentos que aumentam a imunidade
Alimentos que aumentam a imunidade - Shutterstock

por Redação SD
Publicado em 28/04/2022 às 08:00
Atualizado às 08:00

Facebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

Os alimentos que aumentam a imudade, ao contrário do que alguns imaginam, são facilmente encontrados e não se limitam ao suquinho de laranja. Se você já sofreu com unhas fracas, quedas de cabelo, resfriados e gripes frequentes, por exemplo, saiba que tudo isso pode ter ralação com a sua alimentação. 

A escolha do que se coloca no prato faz toda a diferença para o sistema de defesa. Por isso, é essencial garantir os nutrientes que são capazes de blindar o organismo contra bactérias e outros invasores responsáveis por uma série de doenças. 

Pensando nisso, selecionamos 10 alimentos que não podem faltar no seu cardápio. Confira:

Beterraba 

É fonte de substâncias que aumentam a produção de óxido nítrico e agem como vasodilatadores. “Já as suas folhas são ricas em cálcio, ferro, vitamina C e betacaroteno. Então, é bom associar o consumo delas ao da beterraba”, indica o nutrólogo José Alves Lara Neto.

Alface 

A folha apresenta muitos nutrientes, poucas calorias e pode ser encontrada no país com facilidade em qualquer período do ano. É fonte de vitaminas como A e C, contribuindo para a manutenção da imunidade. Além disso, ela é composta por celulose, uma fibra que melhora o funcionamento do intestino, o famoso órgão da imunidade.

Iogurte 

“Nos iogurtes encontramos probióticos que melhoram a nossa flora intestinal, desse modo, reduzimos a presença de bactérias ruins e aumentamos as boas, diminuindo o risco de infecções e melhorando a absorção de nutrientes”, explica a nutróloga Andrea Pereira. 

Alho

O tempero é capaz de acabar com micro-organismos nocivos e espantar males como resfriado, tosse e até mesmo bronquite. Ele também evita inflamações e ajuda a controlar a pressão arterial e os níveis de colesterol. Isso porque o alimento é fonte de alicina, que atua como um potente antioxidante, protetor contra doenças inflamatórias e cardiovasculares.

Laranja 

Além do delicioso suco que é possível obter por meio da fruta, ela também é fonte de vitamina C, nutriente essencial para o sistema imunológico. Ela funciona como antioxidante, barrando algumas doenças, como resfriados e até mesmo tumores. Os benefícios da laranja não param por aí. Ela ainda é rica em fibras e potássio: a primeira ajuda o intestino a funcionar com regularidade; e o segundo auxilia no controle da pressão arterial.

Castanha-do-pará 

Muito selênio é o que essa oleaginosa oferece. O mineral age na tireoide, fortalece o sistema imunológico, diminui o risco de tumores e os efeitos do refluxo. Além disso, a castanha é fonte de gordura poli-insaturada, aquela que protege o coração contra o mau colesterol (LDL). 

Couve

Tradicional acompanhante da feijoada, a couve merece mais espaço no cardápio. Isso porque possui vitaminas como A e C, ao lado de substâncias que estimulam a produção de enzimas que ajudam o corpo a se proteger de tumores. Além disso, suas folhas têm propriedades anti-inflamatórias que amenizam a irritação das mucosas do estômago, aliviando os sintomas da gastrite, por exemplo. 

Açaí

Aumenta o vigor físico por possuir alto valor energético e vitaminas do complexo B. Ômega 6, ômega 9, proteínas, carboidratos e minerais também estão presentes nessa fruta. Além das fibras, que são boas para intestino e o ferro, que previne a anemia e ajuda a fortalecer a musculatura. A dica é não abusar dos complementos para não comprometer a dieta. 

Cenoura 

O alimento é fonte de vitamina A, nutriente importantíssimo para manter a pele bonita, além de proteger os olhos. A cenoura ainda possui betacaroteno, importante antioxidante. “É um dos alimentos mais ricos nesta substância. Ela ajuda na proteção da pele contra os raios UVA e UVB”, conta  o nutrólogo André Veinert. A carência deste antioxidante pode provocar problemas no sistema imunológico, deixando você bem mais suscetível à infecções.

Feijão

Acompanhante perfeito para o arroz, o feijão é uma das melhores fontes de proteína vegetal, essencial para a construção dos tecidos do corpo. Além disso, possui substâncias antioxidantes capazes de prevenir doenças e infecções. Por conter grande quantidade de fibras, também ajuda a regular o intestino. 

Fontes: André Veinert, Andrea Pereira e José Alves Lara Neto, nutrólogos

Leia também