Anabolizantes naturais: 8 alimentos para ganhar massa muscular

A ingestão correta de alguns ingredientes simples pode facilitar a hipertrofia. Confira quais são esses anabolizantes naturais

Entenda como funcionam os anabolizantes naturais
Entenda como funcionam os anabolizantes naturais - Shutterstock

por Redação SD
Publicado em 01/04/2022 às 14:00
Atualizado às 14:00

Facebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

Os anabolizantes naturais são, na verdade, tudo aquilo que tem a capacidade de contribuir para a construção de tecidos musculares sem a intervenção de produtos químicos e interferências industriais. Portanto, uma simples alimentação balanceada, com a concentração ideal de proteínas, carboidratos, gorduras e micronutrientes já é o suficiente para promover a tão sonhada hipertrofia – claro, desde que, paralelo a isso, ocorra o estímulo do treino.

No entanto, é evidente que nem tudo possui uma capacidade relevante de promover o anabolismo. Dessa maneira, para facilitar a vida de quem quer ganhar massa muscular, o preparador de atletas e nutricionista certificado pela Society of Sports Nutrition, Rubens Gomes, montou uma lista com oito alimentos anabólicos que você pode incluir. Confira:

1 – Carne vermelha. Uma boa fonte natural de creatina e ferro. Substâncias fundamentais para elevar as capacidades de força e manter o bom funcionamento do organismo. Fatores que tendem a melhorar o desempenho no treino e, consequentemente, o ganho de massa muscular.

2 – Aveia. Um alimento gostoso, prático e muito versátil. Pode ser utilizado em receitas doces e salgadas. “Além disso, a aveia entrega bastante betaglucana, um composto que melhora a imunidade. E claro, ela também é uma fonte incrível de fibras, que mantém o nosso trato gastrointestinal funcionando perfeitamente bem”, explica Rubens.

3 – Frutas. Elas são ricas em vitaminas e minerais fundamentais para o ganho de massa muscular. Fora isso, o paladar doce também pode te ajudar a se manter na dieta por mais tempo, sem sofrimento. “Seria muito egoísmo escolher uma, duas ou três frutas apenas. Sendo que o ideal é que se tenha uma variedade de frutas dentro da sua dieta”, explica.

4 – Batata doce. Tubérculos, em geral, são boas fontes de carboidrato. Mas, a batata doce, por ser rica em vitamina B, nutriente que melhora a absorção de proteínas e agiliza a recuperação muscular.

5 – Proteínas magras. Diferente de alguns cortes de carne vermelha – que foi citada acima – opções como peito de frango e filé de tilápia conseguem oferecer uma boa quantidade de proteína, com pouquíssima presença de gordura. Ideal para quem também deseja emagrecer.

6 – Feijão. Mais uma opção com grandes quantidades de fibras em sua composição. Além de ter um sabor muito popular entre os brasileiros, o feijão ainda é capaz de promover uma maior sensação de saciedade. Ótimo para combater a fome durante a dieta.

7 – Azeite. Afinal, as gorduras (do bem) também são fundamentais para ganhar massa muscular, já que atuam fortemente na produção natural de hormônios. “O azeite, em questão, é um alimento um tanto quanto diferente por ter uma pequena correlação com o aumento de testosterona”, revela o especialista.

8 – Ovo. “Ao contrário dos demais, ele não entrega apenas uma fonte de nutriente. Um ovo normal tem de sete a seis gramas de proteína, cinco a seis gramas de gordura dentro da gema e o carboidrato dele dá cerca de meio grama, no máximo um grama. Se você precisa fazer uma refeição mais magra, pode utilizar apenas as claras. Mas, se é necessário adicionar alguma gordura, você pode usar o ovo inteiro”, finaliza Rubens.

Leia também