Temperos medicinais: 5 opções saborosas para melhorar a saúde

Entenda como alguns ingredientes simples podem melhorar o bem-estar e a qualidade de vida. Conheça o poder dos temperos medicinais

Temperos medicinais são facilmente encontrados
Temperos medicinais são facilmente encontrados - Shutterstock

por Redação SD
Publicado em 08/02/2022 às 14:00
Atualizado às 14:00

Facebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

Os temperos medicinais e naturais são uma ótima maneira de evitar produtos químicos e industrializados na preparação dos alimentos. Dessa maneira, além de melhorar a saúde, também é possível agregar um sabor especial para a dieta e até mesmo economizar um pouco. Afinal, esses produtos tendem a ser muito mais baratos do que itens pré-fabricados artificialmente.

“O consumo em excesso de alimentos ricos em açúcar, sal e gordura pode levar ao ganho de peso e aumento da pressão arterial, açúcar no sangue e colesterol LDL (o ruim). Mas, quando reduzimos a manteiga, o açúcar e o excesso de sal, temperando os alimentos com ervas e especiarias, adicionamos sabor às preparações e benefícios ao organismo”, explica a médica nutróloga Dra. Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

Por isso, com a ajuda da especialista, separamos cinco temperos medicinais para você adicionar a alimentação e, consequentemente, melhorar a saúde. Confira:

1 – Manjericão

“É rico em micronutrientes, contém as vitaminas A, C, B1, B2 e B3, os minerais cálcio, fósforo e ferro. Por esse motivo é um superalimento, com um poderoso perfil antioxidante e anti-inflamatório. Reduz o estresse, a perda de memória e melhora os níveis de açúcar no sangue”, conta a médica.

2 – Coentro

“Ajuda a controlar os níveis de açúcar e colesterol no sangue, já que ele é rico em antioxidantes, com compostos fenólicos, como carotenoides, taninos, flavonoides e saponinas que trazem benefícios o organismo”, explica a Dra. Garcez.

3 – Canela

“Uma excelente aliada [da saúde e do bem-estar], que ajuda a diminuir a glicemia. A especiaria também melhora a digestão, a fadiga e o humor, combatendo o estresse”, revela.

4 – Alho

“Ele contém substâncias que ajudam no combate de infecções por bactérias, vírus e fungos. Além disso, tem funcionalidades imunoestimulantes, antioxidantes e anti-inflamatórias. Também melhora a memória, por ser rico em manganês”, diz a nutróloga.

5 – Orégano

“Existem mais de 200 compostos fenólicos e antioxidantes com poder de retardar o envelhecimento do organismo no orégano. Ele é riquíssimo em antioxidantes, ajuda a controlar diabetes, reduz a inflamação e é fácil para adicionar às receitas”, finaliza a Dra. Garcez.

Leia também