5 doenças que ficaram famosas após atingirem celebridades

Relembre os problemas de saúde que deixaram os fãs aflitos, mas que foram superados

Relembre os famosos que superaram problemas de saúde em 2021
Relembre os famosos que superaram problemas de saúde em 2021 - Shutterstock

por Redação SD
Publicado em 27/12/2021 às 12:00
Atualizado às 12:00

COMPARTILHEFacebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

O ano de 2021, à exemplo do que foi 2020, foi um período que nos obrigou a ter extrema resiliência e força de superação. Tudo, principalmente, por causa da pandemia de Covid-19 que abalou o mundo e transformou totalmente a maneira de viver das pessoas. De uma hora para outros foi necessário se adequar ao famoso “novo normal”.

Acontece que os cuidados para evitar a disseminação do coronavírus causaram alguns efeitos colaterais importantes na sociedade. A saúde mental foi extremamente abalada com o confinamento, sem falar que as pessoas ficaram mais vulneráveis a outros problemas de saúde – muitas vezes ligados ao sedentarismo e aos hábitos ruins de permanecer em casa por muito tempo.

Foi possível constatar também que as pessoas famosas são seres humanos normais, têm os seus desafios e ficam suscetíveis à problemas de saúde, como qualquer outra pessoa. Por isso, relembramos aqui, cinco doenças e complicações que não eram tão conhecidas pela sociedade e que ficaram famosas em 2021, após atingirem pessoas com grande mídia. Confira:

Apendicite – Felipe Franco

O atleta de fisiculturismo e vereador de São Paulo, Felipe Franco, sofreu uma ruptura de apêndice no dia 14 de novembro e precisou se operado em caráter de urgência. Franco já se recuperou do problema que, geralmente, é causado por uma inflamação na região abdominal, que pode acometer qualquer pessoa.

Cistite de lua de mel – Anitta

Durante entrevista para o canal da Sabrina Sato, também em novembro, a cantora Anitta revelou que sofre de cistite de lua de mel. Trata-se de uma inflamação na região da bexiga, causada por causa do atrito constante durante relações sexuais.

Síndrome de Hashimoto – Cléo Pires

No início do ano, em suas redes sociais, a atriz Cléo Pires revelou que sofre da Síndrome de Hashimoto. O problema é uma doença autoimune causada por deficiências na produção hormonal da tireoide. Cléo segue o tratamento e convive com a enfermidade que, apesar de não ter cura, pode ser controlada com hábitos saudáveis.

Estomia – Luciano Szafir

Não é uma doença. Trata-se de uma ferramenta médica utilizada para externar algum órgão e manter o bom funcionamento dele. Luciano Szafir precisou utilizar uma estomia na região abdominal após sofrer com complicações da Covid-19. O modelo fez questão de usar uma roupa que permitisse a visualização da bolsa durante um desfile da SPFW. O motivo: conscientizar as pessoas e combater o preconceito.

Linfoma de Hodgkin – Caio Ribeiro

Trata-se de um câncer no sistema imunológico. O ex-jogador de futebol e comentarista esportivo, Caio Ribeiro, no entanto, conseguiu ter um diagnóstico precoce da doença e o tratamento obteve resultados positivos. Tanto que, no início de outubro ele anunciou que estava curado.

TAGS

Leia também