Treino de musculação: 4 dicas para melhorar o desempenho na academia

Treinador mostra como potencializar o treino de musculação e atingir mais rápido os resultados

Treino de musculação
Treino de musculação - Shutterstock

por Redação SD
Publicado em 30/05/2022 às 16:00
Atualizado às 16:00

Facebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

Não é só sobre estética e ganho de massa muscular, o treino de musculação atinge diretamente a qualidade de vida. Isso porque proporciona uma maior resistência corporal a lesões e também auxilia na prática de outros esportes e atividades.

O treinador Leandro Twin separou quatro dicas para quem está começando no treino de musculação e tem pressa em ver os resultados da academia. Confira:

Não deixe de treinar sua pegada

Para melhorar a sua pegada, o instrutor indica pegar os dois maiores halteres que você conseguir e segurá-los até a sua pegada abrir “Ao final de 2 ou 3 treinos na semana, preferencialmente nos dias que você faz dorsal e trapézio para deixar o stress para o mesmo dia”, recomenda Twin.

Faça pausas quando sentir necessidade

Twin reforça que não tem porque sentir vergonha de pausar. “Quando você sentir fadiga muito intensa no treino, tome um ar, pegue cinco minutos e vá para a janela da academia. Você não vai perder o aquecimento, se você chegou nesse ponto é porque o treinamento vinha realmente muito intenso, quando você voltar terminará muito melhor o treinamento”, explica.

Aposte na técnica de pré-exaustão

Essa é uma solução indicada para quando você não consegue falhar o peitoral porque o tríceps e o ombro falharam antes, por exemplo.  “Nós obrigatoriamente colocamos um exercício isolador [que pretende trabalhar apenas uma musculatura] antes de um composto [que admite o auxílio de outros grupos musculares na execução]. Então, uma pré-exaustão de peitoral seria: peck deck + supino reto”, explica Twin. Isso serve também para outros grupamentos musculares, como começar pelo agachamento livre no dia de treinar coxa.

Não force seus limites

O treinar destaca a importância de treinar até a falha a cada dia. “Sabemos que só crescemos se desafiarmos os nossos limites, e o desafio no treino de hipertrofia é treinar até a falha entre 6 e 12 movimentos. Porém, nós temos que lembrar que é treinar até a falha de cada dia. Se hoje você está mais cansado, essa falha chegará mais cedo. Abaixe a carga, não seja teimoso”, finaliza Twin.

Leia também