Connect with us

O que você está procurando?

Doenças

Aneurisma e AVC: entenda a relação e como prevenir essas condições

O AVC hemorrágico é uma consequência do aneurisma, problema ocasionado sobretudo pelo estilo de vida

Aneurisma e AVC: entenda a relação e como prevenir essas condições
Aneurisma e AVC: entenda a relação e como prevenir essas condições - Foto: Shutterstock

Tanto o aneurisma quanto o acidente vascular cerebral (AVC) são graves problemas de saúde, que podem ser fatais ou ocasionar sequelas, uma vez que atingem o cérebro, levando prejuízos às suas funções. 

O Dr. Victor Hugo Espíndola, neurocirurgião e especialista em doenças cerebrovasculares, explica que existem dois tipos de AVCs:

  • Isquêmico: quando há uma obstrução de uma artéria, que leva a uma interrupção do fluxo sanguíneo;
  • Hemorrágico: quando ocorre a ruptura dessa artéria levando ao extravasamento de sangue pro tecido cerebral.

Conforme o especialista, o aneurisma é, muitas vezes, fator precursor do AVC hemorrágico. “Uma das causas de AVC hemorrágico é o aneurisma quando rompe. Se o aneurisma cerebral nunca romper, na grande maioria das vezes, ele nunca vai trazer nenhum sintoma pro paciente, ele vai ser assintomático”, acrescenta o médico.

Ajuda médica emergencial é indispensável 

Victor Hugo destaca a importância de procurar ajuda médica ao perceber qualquer suspeita de um AVC. “É preciso procurar ajuda com urgência porque, em um contexto de AVC, o tratamento tem que ser instituído o mais rápido possível”, informa.

“Em casos de aneurismas que nunca se romperam, você também tem que procurar ajuda de um especialista, como um neurocirurgião, para poder avaliar se esse aneurisma tem ou não indicação de tratamento. O melhor contexto que se tem é quando a gente consegue tratar um aneurisma antes dele romper, essa é a melhor situação”, ressalta o especialista.

Como prevenir o aneurisma e o AVC


A principal forma de prevenir o aneurisma e o AVC é evitar seus fatores de risco. Isto é, a hipertensão, o tabagismo e a diabetes. “Portanto, a melhor maneira de prevenir é controlar o estilo de vida: controlar a pressão, o diabetes, fazer as medicações adequadas e não ser sedentário, pois o sedentarismo leva a obesidade, fator de risco para hipertensão e diabetes”, aponta o neurocirurgião. Além disso, o médico reforça a importância de cessar o tabagismo, um dos principais fatores de risco para formação e para ruptura do aneurisma.

Advertisement

Você também vai gostar

Alimentação

Os tipos de aditivos acrescentados em uma receita indicam quais são os alimentos ultraprocessados, que trazem riscos à saúde

Doenças

Cansaço extremo durante o período de férias deve alertar os pais sobre risco de arritmia cardíaca nas crianças, informa especialista

Dor

8 em cada 10 pessoas têm ou terão dor na lombar em algum momento da vida; a prática de atividade física, no entanto, ajuda...

Alimentação

A procura por alimentos calóricos aumenta no frio, o que dificulta a manutenção de uma alimentação saudável, mas algumas dicas podem ajudar