Connect with us

O que você está procurando?

Beleza

Criolipólise: como reduzir gordura localizada sem cirurgia

O procedimento elimina gordura localizada sem cortes e sem anestesia. Especialista explica como funciona a criolipólise

Criolipólise: como reduzir gordura localizada sem cirurgia
Criolipólise: como reduzir gordura localizada sem cirurgia - Foto: Shutterstock

Há diversas maneiras de reduzir a gordura localizada — e, para aqueles que querem fugir das cirurgias plásticas e esperam um resultado rápido, a criolipólise costuma ser a melhor opção. O método não invasivo usa o resfriamento controlado para congelar e destruir as células de gordura do corpo, sem danificar a pele ou outros tecidos.

A técnica foi desenvolvida nos Estados Unidos em 2009 pelo professor e doutor Rox Anderson, da Escola de Medicina e Dermatologia de Harvard. Suas pesquisas se iniciaram na década de 70 e hoje é uma das opções mais procuradas para tratar a gordura localizada em áreas como abdômen, flancos, braços e coxas.

Como funciona a criolipólise

Durante a sessão de criolipólise, o profissional responsável submete o paciente a um aparelho que resfria a área de tratamento a temperaturas entre -5°C e -10°C. O resfriamento faz com que as células de gordura entrem em apoptose, ou seja, se autodestruam. 

De acordo com Poliane Cardoso, fisioterapeuta especialista em dermatofuncional, saúde integrativa e ortomolecular, o organismo elimina naturalmente essas células ao longo de algumas semanas. O resultado é uma visível redução de medidas. 

“Essa é uma técnica muito eficaz para a redução de medidas. É possível destruir as células de gordura, promovendo um contorno corporal mais definido. Além disso, é um procedimento não invasivo, ou seja, não requer cortes, anestesia ou tempo de recuperação, tornando uma opção segura para quem busca resultados sem recorrer a procedimentos cirúrgicos”, afirma Poliane.

Tempo médio da sessão

Uma sessão de criolipólise costuma durar entre 35 e 60 minutos, dependendo da área a ser tratada. Segundo a fisioterapeuta, o procedimento não causa dor. Além disso, usa-se uma manta especial entre a máquina e a pele, para evitar queimaduras. Na sequência, é realizada uma massagem localizada por cerca de três minutos para ajudar na circulação sanguínea. 

Resultados

Os resultados podem variar de pessoa para pessoa, mas em geral é possível esperar uma redução de medidas na área de tratamento de cerca de 20% a 30%. A especialista afirma que os resultados começam a ser perceptíveis após cerca de três semanas e continuam melhorando ao longo dos meses seguintes. 

Cuidados pós-tratamento

Após a sessão, é comum um pouco de inchaço e sensibilidade ao toque. Por isso, Poliane recomenda evitar atividades físicas intensas por pelo menos 72 horas e fazer compressas de gelo na área tratada. 

Além disso, é importante ressaltar que a criolipólise não é um tratamento para emagrecimento, mas sim para redução de gordura localizada. Portanto, deve-se manter uma alimentação saudável e equilibrada e praticar exercícios físicos regulares para manter os resultados obtidos. 

Poliane destaca que a Criolipólise é uma técnica segura e eficaz para eliminar gordura localizada sem cirurgia, com resultados visíveis em poucas semanas. No entanto, é crucial procurar um profissional qualificado e de confiança. Além disso, seguir todas as recomendações pós-tratamento para garantir a eficácia e a segurança do procedimento.

Advertisement

Você também vai gostar

Notícias

Colocado através de cirurgia, o implante coclear é indicado para pacientes com perda auditiva severa à profunda

Notícias

Compressões na coluna vertebral podem pode afetar a funcionalidade dos nervos, levando a sensação de formigamento nas mãos e nos dedos

Doenças

A sarcopenia diminui a massa muscular, a força e, com isso, a qualidade de vida de pessoas idosas - especialmente as sedentárias

Doenças

Casos de AVC e infarto aumentam entre 20% e 30% respectivamente durante o clima frio. Veja como se proteger no inverno