Connect with us

O que você está procurando?

Dor

Dor abdominal: saiba como identificar cada uma delas

A depender da região em que ocorre, a dor abdominal tem um significado diferente. Saiba quais os sinais de alerta

Dor abdominal: saiba como identificar cada uma delas
Dor abdominal: saiba como identificar cada uma delas - Foto: Shutterstock

A dor abdominal pode causar bastante desconforto e preocupação, principalmente porque nem sempre a origem do incômodo é clara. Mas, para ajudar a entender melhor o problema, o cirurgião do aparelho digestivo Dr. Rodrigo Barbosa explica quais são e como ajudar a identificar cada uma delas. Confira:

Dor superior

Ela é conhecida popularmente como dor na boca do estômago, pois este órgão está localizado na região de cima da barriga. As dores nessa região podem estar ligadas a digestão, por conta de má alimentação, consumo de alimentos industrializados, gorduras e frituras ou na forma de comer com ingestão de líquidos junto às refeições, ou ainda comer e se deitar logo em seguida.

“Entre as doenças que podem estar relacionadas com essa dor estão o refluxo, gastrite, duodenite, pedra na vesícula ou alteração no pâncreas se vier acompanhada de vômito. Existe ainda a dor epigástrica que é a de origem cardíaca que precisa de atenção. Essa pode até irradiar para a região das costas e para o peito. Por isso, precisa realizar endoscopia e ultrassom de abdômen para identificar exatamente a origem da dor e tratar adequadamente”, alerta o médico.

Dor na região inferior do abdômen

Nas mulheres, esse tipo de dor pode ser proveniente do ciclo reprodutivo e das dores ginecológicas. “Se houver mudança na coloração da urina, mau odor e saída de pus pelo xixi, pode estar ligado a infecção urinária”, diz o especialista.

Para identificar de fato o problema, é preciso fazer exame clínico e ultrassom. Se forem cólicas gastrointestinais acompanhadas de aperto na barriga ou diarreia, pode até ser necessário colonoscopia para a devida avaliação. Além disso, se houver histórico de câncer na família, esse exame deve ser feito de rotina.

“Se a dor em mulheres forem cíclicas e acompanhadas dos ciclos menstruais, mesmo que sejam combinadas por diarreia, pode ser normal do ciclo hormonal, mas precisa ser investigada”, reforça o Dr. Rodrigo.

Dor no lado direito da barriga

Nesta região há vários órgãos, como fígado, vesícula, intestino grosso, apêndice, rim, entre outros. “Se for uma dor proveniente da vesícula, costuma começar na parte de cima direita e acontecer depois da ingestão de algum alimento com muita gordura e assim, causar diarreia”, aponta o cirurgião.

Dor no lado esquerdo da barriga

Do lado esquerdo fica localizado o baço, intestino, rim e outros órgãos. Se a dor ocorrer nesta região, pode ser alguma questão no baço, mas esses quadros são mais raros. “Nestes casos, pode ser uma dor renal, que aparece em pontadas que se espalham na coluna e são dores fortes em que o paciente sente necessidade de ficar na posição curvada, se estiver acompanhada de xixi na cor avermelhada é preciso buscar ajuda rápida no pronto socorro”, alerta o médico.

Mas, se essa dor for da região do intestino, é porque pode haver alguma inflamação que precisa ser identificada. Pode aparecer em diarreia persistente ou prisão de ventre. Portanto é preciso fazer o exame de colonoscopia para identificar o problema.

Agora, se a dor vier da região de cima e se migrar para baixo, cursar com falta de apetite, febre e mal-estar geral, pode ser um apêndice inflamado. Além disso, em mulheres, os ovários podem causar dor contínua que se agravam em períodos menstruais, isso pode ser endometriose. Por isso, é preciso fazer ultrassom transvaginal e abdominal para compreender a doença exata, recomenda o especialista.

Dor na região central da barriga

A região central da barriga é muito inespecífica, pois basicamente é onde fica o intestino delgado e o umbigo. Ali há uma alta incidência de hérnia umbilical, dor que pode ser dor crônica e causar aperto ou pontada que pode prender o intestino. Neste caso, é necessário cirurgia.

“Dores nesta região podem ser ainda pancreatite ou infecção intestinal, mas é preciso fazer exame físico para identificar. Se causar estufamento, arrotos e migração da dor pela barriga toda ou sangue nas fezes pode ser até uma síndrome”, alerta o Dr. Rodrigo.

Advertisement

Você também vai gostar

Emagrecer

Quem está se propondo a perder peso muitas vezes recupera o antigo número na balança. Conheça algumas dicas para emagrecer de forma definitiva

Doenças

Médica aponta que 50% das pacientes com lipedema também apresentam varizes. Veja como iniciar o tratamento das condições

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa