Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Formigamento nas mãos pode ser mais sério do que parece; entenda

Compressões na coluna vertebral podem pode afetar a funcionalidade dos nervos, levando a sensação de formigamento nas mãos e nos dedos

Formigamento nas mãos pode ser mais sério do que parece; entenda
Formigamento nas mãos pode ser mais sério do que parece; entenda - Foto: Shutterstock

Sensações de formigamento nas mãos e nos braços podem ser mais do que um incômodo passageiro. Isso porque muitas vezes, estes são indícios de problemas na coluna vertebral.  Portanto, é importante estar atento com a permanência desses sintomas.

De acordo com o neurocirurgião Lucas Vasconcellos, especialista em cirurgia de coluna, esses sinais podem ajudar a detectar precocemente possíveis condições subjacentes. Além disso, servem para definir o tratamento adequado. Para isso, é preciso uma avaliação especializada. Assim, é possível prevenir complicações e garantir a saúde e o bem-estar dos indivíduos.

Relação do formigamento com a coluna

Vale destacar que o formigamento nas extremidades pode ser um sintoma de problemas mais sérios, como hérnias de disco ou estenose vertebral. “Muitos pacientes chegam ao consultório descrevendo formigamento ou dormência nas mãos e braços, e frequentemente isso está associado a disfunções na coluna cervical”, explica Lucas.

Isso porque a coluna vertebral não é apenas uma estrutura óssea, destaca o médico. Ela, na verdade, abriga o canal por onde passa a medula espinhal, e qualquer compressão nesse canal pode afetar a funcionalidade dos nervos.

Quando procurar um médico

Alguns sinais de alerta indicam que é preciso procurar atendimento médico. Lucas destaca os seguintes sintomas:

  • Formigamento persistente ou progressivo: se o formigamento em mãos e braços é constante, piora ou não desaparece, é importante consultar um médico.
  • Dor na coluna: qualquer dor persistente na região do pescoço, das costas ou da lombar deve ser avaliada por um profissional.
  • Perda de força ou coordenação: se houver diminuição da força muscular, dificuldade para andar ou realizar movimentos finos, procure atendimento médico.
  • Alterações na sensibilidade: mudanças na sensação, como dormência ou sensação de alfinetes e agulhas, especialmente se acompanhadas de dor, podem indicar problemas sérios.

Identificando o problema

Para diagnosticar o problema, o paciente deve passar por exames de imagem como ressonância magnética. “O diagnóstico por imagem é fundamental para visualizarmos com precisão o que está ocorrendo na coluna do paciente. Com ele, podemos identificar exatamente onde e como os nervos estão sendo comprimidos,” diz o médico.

“Dependendo da causa do formigamento, o tratamento pode variar desde fisioterapia e medicamentos até intervenções cirúrgicas,” esclarece o neurocirurgião. Segundo ele, o objetivo é sempre aliviar a pressão sobre os nervos e melhorar a qualidade de vida do paciente.

Como prevenir problemas na coluna

O especialista dá algumas dicas para evitar complicações na coluna vertebral. Confira:

  • Mantenha uma postura adequada: evite curvar-se ou inclinar-se para frente por longos períodos. Use cadeiras que ofereçam suporte adequado para a coluna.
  • Exercite-se regularmente: atividades físicas que fortalecem os músculos da coluna, como natação, pilates e yoga, podem ajudar a prevenir problemas de coluna.
  • Levante pesos corretamente: sempre se agache com os joelhos e mantenha a coluna reta ao levantar qualquer peso, para evitar pressão excessiva na coluna.
  • Faça pausas frequentes: se você trabalha sentado ou em uma única posição por longas horas, levante-se e caminhe regularmente para evitar tensão na coluna.
  • Monitore sua saúde: mantenha um peso saudável e uma dieta equilibrada para evitar o excesso de pressão sobre a coluna.

O neurocirurgião enfatiza a importância da prevenção e do cuidado contínuo com a saúde da coluna. “É crucial manter uma postura adequada, praticar exercícios físicos regularmente e buscar avaliação médica ao primeiro sinal de desconforto ou formigamento. Prevenir é sempre melhor do que remediar,” destaca o especialista.

Advertisement

Você também vai gostar

Alimentação

Ricas em vitaminas e proteínas, as sementes de cânhamo são consideradas um superalimento graças aos impactos positivos no organismo

Sem categoria

Diversos fatores podem levar ao surgimento da dermatite seborreica, como a má higienização, uso de alguns produtos e até mesmo o frio

Doenças

As hepatites virais (principalmente B e C) causam cerca de 375 milhões de casos pelo globo, e podem evoluir para formas graves

Beleza

O “banho premium plus” é mais uma tendência de autocuidado que viralizou nas redes sociais. Veja quais são as recomendações de especialistas