Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Lula deve fazer cirurgia no quadril em outubro; entenda o procedimento

Lula passou por procedimento no quadril nesta quarta-feira (26) em Brasília e deve realizar uma cirurgia em outubro

Lula deve fazer cirurgia no quadril em outubro; entenda o procedimento
Lula deve fazer cirurgia no quadril em outubro; entenda o procedimento - Foto: Reprodução Instagram (@lulaoficial)

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, deu entrada no Hospital Sírio-Libanês, em Brasília, na manhã desta quarta-feira (26), para a realização de um procedimento no quadril direito. O objetivo é aliviar a dor crônica que Lula tem sentido até outubro, isto é, quando ele deve realizar uma artroplastia de quadril, para a solução definitiva do problema. 

De acordo com comunicado publicado pela equipe do presidente no Twitter, o procedimento de hoje era minimamente invasivo, e foi realizado sem intercorrências. Portanto, Lula deve cumprir agenda no Palácio da Alvorada até esta quinta-feira (27).

Lula sofre de artrose no quadril; entenda a condição

A artrose é uma condição degenerativa das articulações, afetando principalmente as cartilagens que revestem as extremidades dos ossos. A doença afeta normalmente pessoas mais velhas e pode causar dor, rigidez e limitação dos movimentos nas articulações afetadas, como joelhos, quadris e mãos. 

A deterioração gradual da cartilagem resulta em atrito entre os ossos, levando à inflamação e danos adicionais. Fatores como envelhecimento, histórico familiar, obesidade e lesões articulares prévias, por exemplo, estão associados ao desenvolvimento da artrose.

A condição não é nova para Lula, o presidente lida com a doença há anos, no entanto, recentemente tem sentido dores no quadril com mais frequência. De acordo com o médico ortopedista Dr. Luiz Felipe Carvalho existem diversos tratamentos que podem reduzir ou até curar a artrose no quadril.

“As infiltrações, tratamento que foi utilizado por Lula, é um dos tratamentos comumente utilizados para artrose. Ela pode utilizar três elementos: corticóides, ácido hialurônico e células tronco”, explica o médico.

Segundo o especialista, os corticóides ajudam a reduzir a inflamação. Já o ácido hialurônico, além de reduzir a inflamação, ajuda a ‘estacionar’ a sua evolução, no entanto, não atua com a regeneração dos danos.

“Já com as infiltrações de células tronco é possível utilizar células do próprio paciente de forma concentrada para ter o efeito desinflamatório e regenerativo. Isso reduz a dor e melhora a qualidade de vida, podendo até reverter a artrose dependendo do grau”, informa o médico. 

“No caso de Lula, por ser necessário uma cirurgia é possível que as células tronco não tenham sido utilizadas e que o quadro já esteja mais avançado, o que explicaria o aumento recente nas dores”, analisa o Dr. Luiz Felipe.

Artroplastia de quadril

O procedimento é simples e consiste em retirar a articulação desgastada da cabeça do fêmur e substituí-la por uma prótese. Além disso, a prótese deve durar pelo resto da vida do presidente, dispensando a necessidade de novas operações. Com isso, a dor deve sumir por completo.

Samanta Pinto dos Santos, 38, passou por uma cirurgia semelhante, com o auxílio do navegador Velys, no Hospital São Marcelino Champagnat, em Curitiba (PR). Isso porque, há quase seis anos, ela começou a sentir fortes dores no quadril durante as caminhadas que fazia. Com o tempo, a dor passou a limitar significativamente a sua qualidade de vida.

Samanta tentou um tratamento medicamentoso intensivo, mas ele não surtiu efeito. Então, ela passou por uma cirurgia convencional no quadril do lado direito. “A primeira cirurgia foi um sucesso, a prótese nunca deu problema. Passei a fazer quase tudo com bastante cuidado, inclusive, caminhar e andar de bicicleta”, diz.

No entanto, as dores voltaram no quadril esquerdo. Foi quando ela recorreu ao Velys. Samanta relata que a recuperação está mais rápida se comparada ao primeiro procedimento. Uma das razões para isso pode estar ligada à precisão do procedimento de colocação da prótese, que auxilia na amplitude dos movimentos e permite aperfeiçoar o resultado funcional. 

“O navegador permite ao cirurgião observar a posição correta da prótese durante o procedimento e realizar ajustes em tempo real. Isso traz melhores resultados, aumentando a durabilidade, melhorando a funcionalidade da prótese e prevenindo possíveis complicações”, explica o médico ortopedista Dr. Josiano Valério.

O uso do aparelho de radioscopia junto com o Velys possibilita um planejamento cirúrgico preciso antes da operação, tornando o procedimento  mais assertivo. “A combinação da inovação tecnológica com a experiência da equipe oferece grandes benefícios aos pacientes, como no caso de Samanta”, finaliza.

Advertisement

Você também vai gostar

Beleza

O inverno exige mais cuidados com a pele por conta do clima seco e das temperaturas baixas, que causam ressecamento

Alimentação

Nada melhor do que um bom chá para esquentar o corpo e fortalecer a saúde neste inverno. Confira algumas opções

Doenças

As doenças respiratórias estão entre as enfermidades mais comuns durante o inverno. Entenda quais as doenças mais frequentes e como prevenir

Notícias

Estudo mostrou que 88% das pessoas de todo o mundo têm menos vitamina D no corpo do que o recomendado, o que causa diversos...