Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Pode comer carne crua? Médico comenta caso envolvendo Brunna Gonçalves

Esposa de Ludmilla postou vídeo nas redes sociais em que afirma gostar de comer carne vermelha crua. Médica alerta sobre os riscos

Pode comer carne crua? Médico comenta caso envolvendo Brunna Gonçalves
Pode comer carne crua? Médico comenta caso envolvendo Brunna Gonçalves - Foto: Reprodução Instagram (@brunnagoncalves)

Brunna Gonçalves, esposa de Ludmilla, revelou através de stories no Instagram que gosta de comer carne vermelha crua. “Eu amo carne crua temperada. Só carne. É muito bom”, disse a bailarina e influencer. Logo, o assunto começou a repercutir nas redes sociais, despertando a curiosidade dos internautas. Afinal, consumir carne crua oferece riscos à saúde?

Segundo o Dr. Daniel Bratan, médico nutrólogo e endocrinologista, a princípio qualquer carne poderia ser consumida crua se fosse proveniente de um animal sadio. Isto é, que não possuísse qualquer enfermidade ou parasitose. Além disso, se todas as etapas de sua obtenção fossem conduzidas de maneira higiênica, sem haver contaminação cruzada, o que é impossível atualmente, indica o especialista. 

Quais os riscos de comer carne crua?

O médico não recomenda o consumo de carne crua. Isso porque pode haver contaminação por bactérias em várias etapas do processo de abate dos animais e processamento da carne, ou mesmo após a saída da indústria, no comércio varejista ou no processo de preparo pelo consumidor, na manipulação e armazenamento inadequados.

“De acordo com o U.S. Centers for Disease Control and Prevention, a maior parte dos alimentos presentes na dieta da carne crua contém bactérias como Campylobacter, Salmonella, Clostridium perfringens, E. coli e Yersinia. Todas essas bactérias são patogênicas, ou seja, causam doenças como infecções, diarreia, hepatite A e intoxicação alimentar”, adverte o endocrinologista.

Conforme o profissional, a carne de peixe também deve ser proveniente de fonte segura e ser fresca ou devidamente conservada por métodos de congelamento ou refrigeração para não apresentar riscos à saúde. “Do contrário, também oferece riscos à saúde e também pode apresentar contaminação bacteriana”, alerta.

Além disso, vale destacar que a carne mal passada também oferece riscos, uma vez que geralmente a parte interior está mais crua e pode apresentar bactérias. “O fato de usar tempero não muda em nada o risco, altera somente o paladar nada mais”, finaliza o Dr. Daniel Bratan.

Mudou de ideia

Após a enorme repercussão nas redes sociais, Brunna pesquisou sobre os riscos de consumir carne crua e voltou atrás em sua declaração. “Fui pesquisar e realmente faz mal. Eu nunca mais vou comer. Não comam, gente. Por favor”, pediu a ex-BBB.

Advertisement

Você também vai gostar

Notícias

Colocado através de cirurgia, o implante coclear é indicado para pacientes com perda auditiva severa à profunda

Notícias

Compressões na coluna vertebral podem pode afetar a funcionalidade dos nervos, levando a sensação de formigamento nas mãos e nos dedos

Doenças

A sarcopenia diminui a massa muscular, a força e, com isso, a qualidade de vida de pessoas idosas - especialmente as sedentárias

Doenças

Casos de AVC e infarto aumentam entre 20% e 30% respectivamente durante o clima frio. Veja como se proteger no inverno