Sintomas físicos da ansiedade: cardiologista revela 5 problemas comuns

Falta de cuidado com a saúde mental pode provocar consequências ruins para o corpo todo. Conheça os sintomas físicos da ansiedade

Sintomas físicos da ansiedade podem gerar preocupação
Sintomas físicos da ansiedade podem gerar preocupação - Shutterstock

por Redação SD
Publicado em 20/04/2022 às 11:00
Atualizado às 11:00

Facebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

Os sintomas físicos da ansiedade, geralmente, são confundidos com outros problemas de saúde. Isso acontece, na maioria das vezes, porque algumas pessoas desconhecem todos os prejuízos que a falta de cuidado com a saúde mental pode provocar no organismo. Por acreditarem que as consequências se limitam à distúrbios psicológicos, quando o corpo começa a dar sinais diferentes, é comum que os indivíduos pensem que estão com outras doenças. Fator que pode agravar ainda mais o quadro de ansiedade.

Medo, insônia, dificuldade de concentração e agitação são algumas características comuns da ansiedade. No entanto, em alguns casos, a doença também pode se manifestar de outras maneiras. Por isso, com a ajuda do cardiologista e especialista em marca-passo, Dr. Roberto Yano, separamos os cinco principais sintomas físicos da ansiedade. Confira:

1 – Coração acelerado

“A sensação de estresse e ansiedade faz com que o organismo libere mais adrenalina, um hormônio que aumenta a frequência cardíaca. Por isso ocorre alteração e aceleração nos batimentos cardíacos. Por outro lado, o contrário também ocorre. Pacientes sentem alteração no ritmo cardíaco, tratam como se fosse ansiedade, demoram a me procurar e, quando o avalio, ele realmente está com alguma arritmia cardíaca”, conta o cardiologista.

2 – Tontura

Um dos principais sintomas físicos da ansiedade é a tontura. Pacientes costumam relatar esse tipo de problema, principalmente, durante crises mais agudas, ou quando estão em ambientes fechados e com muitas pessoas. “Essa vertigem pode levar ao medo de sair de casa, de cair, de chegar a um local cheio e passar mal”, diz o Dr. Yano.

3 – Falta de ar

“A falta de ar, normalmente, vem acompanhada de palpitação. Em situações de estresse é preciso tentar se acalmar. E se a crise de ansiedade não passar, procurar orientação médica”, alerta o especialista.

4 – Formigamento nos braços e língua

“Esse formigamento pode ocorrer por causa da liberação da adrenalina. O corpo entende que você está se preparando para uma situação de luta, ou fuga. O organismo começa a direcionar o fluxo de sangue para os músculos para que fiquem mais fortes e rígidos”, explica o Dr. Yano.

5 – Cansaço

“Existem várias doenças que podem fazer uma pessoa se sentir cansada, como hipotireoidismo, insuficiência cardíaca, anemia e até a própria depressão. A recomendação é não se automedicar sem saber o diagnóstico”, comenta o médico.

O que fazer ao sentir esses sintomas

Os sintomas físicos da ansiedade são facilmente confundidos com outras doenças. Mas, o contrário também pode acontecer. Talvez você pense que aquele problema é decorrente da sua condição mental e, na verdade, exista alguma outra enfermidade séria acometendo seu organismo. Por isso, o ideal é sempre priorizar a avaliação médica.

“A orientação é procurar ajuda de profissionais adequados, como psicólogos, psiquiatras, praticar exercício físico, ter uma boa alimentação, ter um hobby, horas de lazer com a família. Esse conjunto de ações vão te ajudar a viver mais e com melhor qualidade de vida. A ansiedade entra sempre como diagnóstico de exclusão. Para o paciente que chega com sintomas cardíacos, é sempre necessária a investigação minuciosa de todos os seus sintomas”, finaliza Yano.

Leia também