Serotonina é combustível do bem-estar; veja sinais de que os níveis estão baixos

Neurotransmissor é responsável por regular humor, sono e apetite. Saiba o que acontece com o organismo quando a quantidade de serotonina é reduzida

Entenda a função da serotonina
Entenda a função da serotonina - Shutterstock

por Felipe Bomfim
Publicado em 26/04/2022 às 14:00
Atualizado às 14:00

Facebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

A serotonina ficou popularmente conhecida como um dos hormônios responsáveis pela felicidade. Mas, na verdade, essa substância é um neurotransmissor que desempenha um papel fundamental na sinapse eletroquímica dos neurônios. Ou seja, ela que estabelece a comunicação entre as células nervosas do corpo e atua diretamente em elementos do bem-estar, como sono, humor e apetite.

A falta de serotonina no organismo pode comprometer inúmeras funções cerebrais e contribuir, inclusive, para o desenvolvimento de doenças como ansiedade e depressão.

Sintomas de serotonina baixa

Por isso, com a ajuda do Dr. Wanderley Cerqueira de Lima, neurocirurgião e neurologista do Hospital Israelita Albert Einstein e da psicóloga Deise Cristina Gomes, que é especializada em TDHA, ansiedade e depressão, separamos alguns sinais que o corpo costuma emitir quando os níveis de serotonina estão abaixo do esperado. Confira:

  • Redução da autoestima;
  • Compulsão alimentar;
  • Fadiga;
  • Diminuição do poder de concentração;
  • Irritabilidade;
  • Mau-humor;
  • Alteração de comportamento;
  • Oscilação de memória;
  • Insônia;
  • Queda do desempenho sexual;
  • Ansiedade;
  • Depressão.

“O humor, o sono bom, o apetite, os ritmos cardíacos, nossa temperatura corporal, sensibilidade e funções cognitivas, são regulados pela serotonina”, explica a psicóloga.

Como elevar os níveis de serotonina

É muito importante ter atenção com todos os sintomas relacionados aos baixos níveis de serotonina no organismo. Afinal, a presença do neurotransmissor depende diretamente do estilo de vida do paciente e, principalmente, da sua alimentação. “As fontes de serotonina, geralmente, estão nos alimentos, já que a sua produção depende do aminoácido essencial chamado triptofano”, conta o neurologista.

Entre os alimentos que possuem boa quantidade de triptofano e, portanto, conseguem aumentar os níveis de serotonina do organismo, estão:

  • Chocolate preto;
  • Ovo;
  • Banana;
  • Abacaxi;
  • Tomate;
  • Carnes magras e baixas em gordura;
  • Leite;
  • Cereais integrais;
  • Legumes;
  • Espinafres;
  • Aspargos.

De acordo com Deise, além de consumir alimentos ricos em triptofano, também é importante praticar alguma atividade física com regularidade. “Não esqueça, o organismo não produz esse aminoácido essencial [triptofano] e a falta dele causa todos esses sintomas relatados”, finaliza o Dr. Cerqueira.

Leia também