Connect with us

O que você está procurando?

Dor

Cefaleia persistente? Entenda como a acupuntura pode ajudar

Dores de cabeça frequentes podem atrapalhar a rotina. Felizmente, a acupuntura pode tratar o problema sem causar efeitos colaterais

Cefaleia persistente? Entenda como a acupuntura pode ajudar
Cefaleia persistente? Entenda como a acupuntura pode ajudar - Foto: Shutterstock

Quem sofre com episódios frequentes de dores de cabeça sabe como a condição prejudica o dia a dia e a qualidade de vida. Contudo, a boa notícia é que, mesmo nas cefaleias mais leves, a acupuntura é uma opção de tratamento complementar. Com resultados promissores e cientificamente comprovados, essa terapia milenar amplia as opções para quem busca alívio e bem-estar.

O método pode ajudar muita gente, visto que mais da metade da população sofre com dor de cabeça em algum momento do ano. Segundo a Sociedade Brasileira de Estudo da Dor (SBED), 90% das pessoas já passaram por essa experiência incômoda durante a vida.

A acupuntura surge como uma opção interessante para tratar o problema, especialmente quando consideramos os efeitos colaterais e a resposta individual aos medicamentos convencionais. Isso porque algumas pessoas podem piorar o quadro de dor de cabeça ao fazer uso crônico de analgésicos. O resultado é a chamada “cefaleia por abuso de analgésicos”.

Benefícios da acupuntura para a cefaleia 

Um estudo da Chengdu University of Traditional Chinese Medicine mostrou que a acupuntura pode reduzir as dores de cabeça crônicas de pacientes com enxaqueca, com efeitos duradouros de até oito meses após dois meses de tratamento. Esse resultado traz esperança para aqueles que sofrem com dores de cabeça e buscam alternativas aos medicamentos tradicionais.

É essencial saber que existem dois tipos de cefaleia: as secundárias, relacionadas a lesões estruturais, e as primárias, sem lesões aparentes. O médico Mauricio Hoshino, neurologista e acupunturista e Membro do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura (CMBA), destaca a importância de identificar o tipo de cefaleia para tratar adequadamente cada caso.

Uma vez diagnosticada a cefaleia primária, a acupuntura surge como um recurso terapêutico promissor. Esse método milenar tem como base neurofisiológica a modulação de neurotransmissores envolvidos na dor, através do estímulo tátil das agulhas em pontos específicos da pele, liberando endorfinas que atuam no bloqueio da percepção da dor.

Outros benefícios do método

Mas os ganhos proporcionados pela acupuntura não acabam por aí. “Além das cefaleias, a acupuntura tem se mostrado eficaz no tratamento de diversos outros distúrbios, como insônia, ansiedade, dores musculares e até mesmo em casos de infertilidade. O importante é sempre procurar um profissional especializado para uma avaliação e indicação correta do tratamento”, destaca Mauricio.

É fundamental lembrar que a acupuntura é uma abordagem complementar e não deve substituir os tratamentos convencionais prescritos pelos médicos. No entanto, ela pode ser uma excelente opção para quem deseja reduzir a dependência de medicamentos e explorar novas possibilidades para aliviar a dor e melhorar a qualidade de vida.

Como encarar a cefaleia

Adotar hábitos saudáveis, como manter uma alimentação equilibrada, praticar exercícios físicos regularmente e garantir uma boa qualidade do sono, pode contribuir para a redução das crises de dor de cabeça. Portanto, cuide-se, invista em sua saúde e considere a acupuntura como uma alternativa para trazer alívio e bem-estar para sua vida.

Na próxima vez que sua cabeça der sinais de dor, considere a acupuntura como uma possibilidade para aliviar o incômodo. E não esqueça: procure sempre um médico especializado para investigar a causa da cefaleia e indicar o tratamento mais adequado.

Advertisement

Você também vai gostar

Emagrecer

Quem está se propondo a perder peso muitas vezes recupera o antigo número na balança. Conheça algumas dicas para emagrecer de forma definitiva

Doenças

Médica aponta que 50% das pacientes com lipedema também apresentam varizes. Veja como iniciar o tratamento das condições

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa