Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Dor

Dor no joelho é sempre um problema sério? Conheça as principais lesões

Traumas, excesso de peso e longos períodos sentado podem causar dor no joelho. Saiba como saber se o problema é grave e merece atenção

Dor no joelho é sempre um problema sério? Conheça as principais lesões
Dor no joelho é sempre um problema sério? Conheça as principais lesões - Foto: Shutterstock

Seja por conta da idade, excesso de peso, trauma ou uma lesão, a dor no joelho pode surgir nos mais variados contextos. Essa articulação, aliás, é uma das maiores vítimas de lesões no corpo. O problema se intensifica sem a prática de exercícios físicos, e especialmente com o hábito de passar longos períodos sentado.

“É extremamente frequente a dor em situações em que o joelho fica por muito tempo dobrado, ou seja, em flexão. Costumamos denominar isso de sinal do cinema. Vimos essa queixa tornar-se mais frequente com o aumento dos trabalhos em home office, quando as pessoas ficam muitas horas sentadas”, explica o Dr. Marcos Cortelazo, ortopedista especialista em joelho e traumatologia esportiva, membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT).

Segundo o médico, o desconforto pode surgir também em situações como agachamento, em ambas ocorre um grande aumento da pressão sobre a cartilagem articular acarretando dor. Mas em quais situações devemos nos preocupar?

Quando a dor no joelho é um problema

De acordo com o ortopedista, normalmente dores que ocorrem durante ou após uma atividade e depois desaparecem espontaneamente podem ser consideradas dores pós-esforço. Portanto, provavelmente não são sinal de gravidade. 

“As dores que aparecem durante a atividade e a interrompem ou aparecem após a atividade e não regridem espontaneamente em geral denunciam algo mais grave. O diagnóstico de certeza deve ser feito pelo médico especialista”, afirma o Dr. Marcos Cortelazo.

Lesões mais comuns nos joelhos

Dentre as lesões mais comuns nos joelhos, o médico destaca:

  • Lesões da cartilagem articular, sendo a mais frequente as da cartilagem da patela;
  • Lesões dos meniscos;
  • Lesões dos ligamentos, especialmente o ligamento cruzado anterior (LCA), também chamado de ligamento do atleta. 

“Ainda vale salientar as lesões degenerativas da cartilagem articular conhecidas como artrose”, destaca o ortopedista. “Diagnosticada a lesão, o médico indicará a melhor conduta de tratamento para cada caso”, explica.

Prevenção

Para proteger as articulações, o médico destaca a importância de realizar atividade física. “Os pacientes sedentários apresentam uma diminuição da massa muscular que acarreta a perda de proteção das articulações e em geral acabam apresentando ganho de peso. As articulações foram feitas para o movimento. Se muito tempo paradas, sofrem um processo de atrofia e rigidez que acarreta dor”, alerta o especialista. 

Segundo ele, os exercícios trazem diretamente três benefícios básicos: 

  • Ajudam a manutenção do peso corporal;
  • Fortalecem a musculatura exercendo assim um efeito de proteção das articulações através da melhor do desempenho biomecânico e sustentação do esqueleto;
  • Ativam a circulação do líquido sinovial que nutre a cartilagem através do processo de embebição”.

Especialmente os exercícios com baixa carga podem ajudar, já que oferecem proteção às articulações do joelho e estimulam o aumento da massa muscular da coxa, que tem músculos muito importantes para os joelhos. É o caso da caminhada, fisioterapia, hidroginástica, natação, musculação, pilates e bicicleta.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Médico aponta que a acupuntura pode trazer benefícios para pacientes com artrite reumatoide, doença intestinal inflamatória e esclerose múltipla

Saúde Mental

Influenciadora recebeu diagnóstico para psicose aguda após desistir do reality show. Entenda as causas e os sintomas do transtorno

Notícias

Assim como escovar os dentes todos os dias, médico otorrino recomenda realizar a lavagem nasal diariamente

Doenças

Com aspectos bastante semelhantes, o lipedema e a celulite são frequentemente confundidos, o que atrapalha o tratamento das condições