Connect with us

O que você está procurando?

Saúde da Mulher

Menstruação atrasou na pausa do anticoncepcional? Saiba o que pode ser

Ao pausar o anticoncepcional, é esperado que a menstruação desça. Mas e quando isso não acontece? Veja o que pode ser

Menstruação atrasou na pausa do anticoncepcional? Saiba o que pode ser
Menstruação atrasou na pausa do anticoncepcional? Saiba o que pode ser - Foto: Shutterstock

Nas pausas do anticoncepcional é comum a menstruação descer. Mas e quando isso não acontece? Será que indica uma gravidez? Essa possibilidade pode causar preocupação em muitas mulheres. Por isso, conversamos com a Dra. Naira Scartezinni Senna, ginecologista e obstetra, para entender o que pode levar ao atraso.

Vale lembrar que os anticoncepcionais podem ser de 21, 24 ou 28 comprimidos. Nos dois primeiros casos, há uma pausa de 7 ou 4 dias, respectivamente – período em que a menstruação deve descer. Já com os remédios de 28 dias, é preciso emendar uma cartela na outra – assim, a menstruação não ocorre.

O que pode causar atraso durante a pausa do remédio?

De acordo com a médica, ao tomar a pílula corretamente, não é possível engravidar nesses intervalos. O que pode ocorrer são nos casos em que ocorre a troca de método contraceptivo ou até mesmo de medicamento devido a preferência e adaptação do organismo.

“Nessa fase pode haver um tempo para o corpo se identificar com a nova maneira de prevenção. E, com isso, é recomendado o uso do preservativo”, explica a ginecologista.

Chances de gravidez

Conforme Naira, a função do anticoncepcional é fazer o ovário dormir, impedindo a ovulação. Mas, quando o anticoncepcional é interrompido, esse ovário pode acordar. Isso pode acontecer imediatamente ou após alguns meses, dependendo da paciente.

Por isso, existem algumas pacientes que, quando esquecem de tomar a pílula ou decidem fazer uma pausa espontaneamente, engravidam, destaca a ginecologista. Contudo, isso tem a ver com a interrupção ou esquecimento e não com a pausa adequada que o medicamento precisa.

“Se o uso do método anticoncepcional for correto, isto é, nos mesmos horários todos os dias, sem esquecer, a chance de uma gravidez indesejada é praticamente inexistente”, enfatiza Naira. 

A ginecologista lembra ainda que mesmo durante o uso do anticoncepcional existe o sangramento mensal (menstruação). No entanto, ele é reduzido, e isso devido aos hormônios presentes na medicação que imitam o ciclo menstrual.

Essa “imitação” garante que a ovulação não aconteça. “E, por consequência, previne a gravidez”, finaliza a Dra. Naira Scartezinni Senna.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar