Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Páscoa: nutricionista dá dicas para aproveitar a data sem sair da dieta

Páscoa é sinônimo de chocolate, o que pode significar uma escapada da dieta. Mas é possível aproveitar a data sem peso na consciência

Páscoa: nutricionista dá dicas para aproveitar a data sem sair da dieta
Páscoa: nutricionista dá dicas para aproveitar a data sem sair da dieta - Foto: Shutterstock

A Páscoa está chegando! Isso significa que daqui pra frente se tornará mais comum se deparar com uma variedade tentadora de chocolates, colombas, ovos e sobremesas especiais. Esse pode ser um desafio especialmente difícil para quem está se propondo a manter uma dieta equilibrada. 

No entanto, segundo Gláucia Renata Balardini, nutricionista responsável pela rede GoodBom Supermercados, é possível desfrutar dessas delícias sem comprometer a dieta

“A Páscoa é um momento especial, e podemos aproveitá-la sem exageros. O segredo está no equilíbrio e na moderação. É possível desfrutar dos prazeres gastronômicos dessa época sem prejudicar a saúde, fazendo escolhas conscientes e sem culpa”, declara a especialista.

Pensando em te auxiliar nesse momento, a nutricionista separou algumas dicas importantes para conseguir aproveitar melhor a data sem peso na consciência. Confira:

1 – O controle é mais importante do que proibir

Quando o assunto é chocolate, cada pessoa tem o seu favorito, seja ele puro ou em sobremesas. Para se ter uma ideia, segundo um levantamento divulgado pela Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (ABICAB), a preferência pelo chocolate ao leite no Brasil é disparada como primeira opção do consumidor, representando 42%. Em seguida, o chocolate branco fica com 18%, e só depois o chocolate amargo com 9%.

Neste momento de Páscoa, algumas pessoas optam pelo chocolate amargo, considerado mais saudável devido ao seu alto teor de cacau e menor quantidade de açúcar. No entanto, é importante ressaltar que os outros tipos de chocolate, como o ao leite e o branco, também podem ser consumidos com moderação.

“É importante entender que, para manter o equilíbrio, não é necessário excluir completamente alimentos como os tipos de chocolates, mas sim consumi-los com moderação. O que significa consumi-los em porções menores”, aponta Gláucia.

2 – Escolhendo o chocolate certo

O chocolate é um excelente aliado para a saúde quando se trata da liberação de serotonina. Isso ocorre porque o cacau, seu principal ingrediente, contém triptofano, uma substância que ajuda na produção e liberação desse neurotransmissor, melhorando o humor e tornando os dias mais felizes. 

“Os chocolates meio-amargos, por exemplo, são uma escolha vantajosa, pois possuem maior concentração de cacau e menos açúcar, contribuindo para a liberação de serotonina e, consequentemente, para o bom humor. Para escolher o chocolate ideal, portanto, basta verificar a lista de ingredientes na embalagem: quando o cacau é o primeiro ingrediente, significa que é uma opção adequada,” destaca a especialista.

3 – Atenção aos chocolates diets e proteicos

Com a popularização de tendências “fitness”, é fácil presumir que tudo que é diet (sem açúcar) e proteico (rico em proteínas) é mais saudável e vai te fazer bem. Mas, considerando que cada corpo possui necessidades diferentes, esse conceito não funciona

“Produtos diet são feitos para pessoas com restrição de açúcar, como diabéticos, e os proteicos são para aqueles que foram orientados a consumir mais proteínas de acordo com seus padrões alimentares. Se as suas necessidades alimentares não se encaixam nessas categorias, pode não ser benéfico consumir nenhum dos dois,” finaliza a especialista. 

Advertisement

Você também vai gostar

Beleza

Celebridades como Jennifer Aniston, Kim Kardashian e Tatá Werneck já fizeram o tratamento facial com esperma de salmão

Medicamentos

Seja para tratar doenças ginecológicas ou combater os efeitos da menopausa, conheça as funções do implante hormonal

Dor

Sensação de pressão, chiado e dor de cabeça são sintomas que geralmente acompanham a dor de ouvido. A condição causa incômodo intenso, o que...

Alimentação

Ricas em vitaminas e proteínas, as sementes de cânhamo são consideradas um superalimento graças aos impactos positivos no organismo