Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Tatuagem de henna é comum no verão, mas oferece riscos à pele

Influenciador fez um alerta após ficar com queimaduras de segundo e terceiro grau. Saiba os riscos que a henna oferece

Tatuagem de henna é comum no verão, mas oferece riscos à pele
Tatuagem de henna é comum no verão, mas oferece riscos à pele - Foto: Shutterstock

As tatuagens de henna são extremamente comuns no verão. Quem vai à praia, facilmente encontra artistas expondo desenhos enquanto seguram com uma “canetinha” na mão. Essa parece ser uma boa oportunidade para enfeitar o corpo com uma tattoo temporária. No entanto, é importante tomar cuidado.

O empreendedor Vinícius Neckel usou seu Instagram para fazer um alerta sobre os riscos das tatuagens de henna. “Tatuagem de Henna pode dar ALERGIA e resultar em queimaduras de segundo, terceiro grau. Assim aconteceu comigo”, escreveu na legenda do post. Nas imagens, Vinícius aparece com queimaduras e bolhas. Ele também mostrou como a pele voltou ao normal após a cicatrização. 

Quais os riscos das tatuagens de henna?

A henna é uma substância corante retirada da uma árvore de mesmo nome. Ela tem cor marrom a marrom alaranjado e, se utilizada em sua forma natural, tem uma probabilidade bem pequena de causar alergia ou qualquer dano à pele, esclarece o dermatologista pós-graduado em dermatologia clínica e estética, Dr. Francisco dos Santos Neto.

“Acontece que são utilizados outros componentes ao extrato da planta para conseguir cores e texturas diferentes, aí que está o perigo”, alerta o especialista. Ele cita o exemplo da parafenilenodiamina, uma substância química que se adicionam nas hennas para deixá-las na cor preta, com secagem mais rápida e melhor definição. Dependendo da concentração, essa substância pode causar dermatites sérias e até mesmo queimaduras de segundo e terceiro grau na pele, como aconteceu com Vinícius.

“A chance de causar queimadura com a tatuagem henna vai depender da quantidade de parafenilenodiamina na composição. Isso ocorre pois dependendo da hipersensibilidade da pessoa ao componente parafenilenodiamina a reação inflamatória na pele pode ser muito séria”, afirma o Dr. Francisco. Os efeitos colaterais que podem ocorrer vão desde de uma coceira local leve por hipersensibilidade, dermatites, urticárias e até queimaduras, aponta o dermatologista. 

Já no caso das tatuagens comuns, há um controle maior dos componentes da tinta, por isso há também mais segurança. “O que é muito comum acontecer é a pessoa ter uma reação alérgica a um determinado corante encontrado em algumas cores. Por isso que algumas pessoas apresentam complicações em tatuagens coloridas, mas não tiveram tatuagens de cor única. Além disso, podem surgir queloides, cicatrizes e infecções secundárias”, adverte o especialista.

Como ter mais segurança ao fazer uma tattoo – seja de henna ou não

O dermatologista afirma que é possível fazer uma tatuagem com segurança. “O que eu oriento é sempre perguntar se na composição do produto utilizado tem parafenilenodiamina, e se tiver não fazer”, recomenda.

Além disso, é importante sempre orientar as pessoas que, se elas já têm algum histórico de alergias a produtos de tintura ou corantes, devem estar atentas na hora de fazer tatuagens para não terem nenhuma reação alérgica, destaca o especialista.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Através de um simples autoexame é possível identificar sinais de arritmia cardíaca. Entenda o que a pulsação diz sobre o seu coração

Fitness

Nem só por um corpo bonito o “Projeto Verão” é responsável. A saúde também ganha – e muito – com as práticas adotadas próximo...

Notícias

O calor já está presente no Brasil, mas no verão as temperaturas devem aumentar. Veja como cuidar da saúde durante o clima quente

Beleza

O deep plane é uma técnica avançada do face lifting que atua diretamente na musculatura, melhorando os contornos da face