Alho negro contribui para a saúde

O alimento possui efeito anti-inflamatório, ajuda no sistema imunológico e no emagrecimento

O alho negro também é indicado para quem possui problemas de pele (desde dermatite até acne)
O alho negro também é indicado para quem possui problemas de pele (desde dermatite até acne) - Shutterstock

por Julia Natulini
Publicado em 03/05/2021 às 11:25
Atualizado às 11:25

COMPARTILHEFacebook Saúde em DiaPinterest Saúde em Dia

Você sabia que o alho negro é um alimento rico em benefícios para a saúde? Ele é um vegetal produzido a partir do alho fresco, sob temperatura e umidade controlada para que determinadas reações químicas ocorram, inclusive para chegar na sua cor e garantir as propriedades do alimento. 

É possível utilizar o alho negro no preparo das receitas que vão molho, massas, risotos e até sobremesa. Segundo a nutricionista Vitoria Falcão, as pessoas que sofrem com desconfortos abdominais podem ser mais sensíveis devido ao risco da fermentação no aparelho digestivo.

O alho comum já contém diversos benefícios para a saúde, mas quando comparamos o alho negro ao fresco, é possível observar um sabor mais doce, textura elástica ao mastigar e o cheiro não é tão forte. Além disso, possui mais compostos antioxidantes, como polifenóis (protetor das infecções microbianas), flavonoides e pode ser considerado um alimento funcional”, explica Vitoria.

Como todo alimento, é necessário tomar alguns cuidados no preparo para que os nutrientes não se percam. O Alho Negro perde suas propriedades se for refogado ou submetido a altas temperaturas, por isso o ideal é consumi-lo cru.

Vale destacar que o alimento possui efeito anti-inflamatório, ajuda no sistema imunológico e também combate os vírus e bactérias que tentam invadir o organismo. Com todas essas propriedades, ele acaba regulando a pressão arterial, glicemia e perfil lipídico (colesterol total e triglicerídeos). 

Confira outros benefícios do alho negro

Efeito emagrecedor
A combinação de alho negro e exercício mostrou um efeito maior na diminuição da gordura visceral, gordura epididimal e peso do fígado em comparação ao grupo isolado com exercícios em estudo com ratos.

Melhora a diabetes
O alho negro envelhecido tem um maior efeito antioxidante e previne complicações resultantes da Diabetes.

Anticancerígeno
O mecanismo dos efeitos anticancerígenos do alho negro em diferentes tipos de cânceres é variado, incluindo a indução de apoptose, interrupção do ciclo celular e inibição do crescimento e invasão do tumor.

Melhora a circulação
Aumenta os níveis de colesterol bom (HDL) em comparação com o grupo placebo. 

Bom para pele
Indicado para aqueles que possuem problemas de pele (desde dermatite até acne, psoríase ou rosácea) ou mesmo para a prevenção de rugas e certas condições relacionadas com as articulações.

Antifadiga
O alho negro tem a capacidade de remover o excesso de amônia no corpo, que é dito ser uma causa de fadiga, ele também é muito eficaz para melhorar o desempenho nas atividades físicas.

Rico em Arginina
A arginina promove vasodilatação, que resulta no aumento dos nutrientes nos músculos, contribui com o hormônio do crescimento, promovendo assim aumento muscular.

Efeito Neuroprotetor
Possui efeitos benéficos na memória e no sistema nervoso, melhora do comprometimento cognitivo e prevenção de neuroinflamação e neurotoxicidade.

Anti-envelhecimento
O alho negro possui uma variedade de mecanismos antioxidantes que podem inibir os danos envolvidos no envelhecimento e o desenvolvimento de várias doenças.

Efeito Hepatoprotetor
O alho negro pode melhorar o estresse oxidativo e a inflamação, além de diminuir o acúmulo de gordura e o dano hepático causado pelo consumo de álcool.

Leia também