Connect with us

O que você está procurando?

Beleza

Adolescente pode colocar piercing? Veja 3 dicas fundamentais

Dentre as diversas vontades que surgem na adolescência, a de colocar um piercing é bastante comum. Veja como evitar infecções

Adolescente pode colocar piercing? Veja 3 dicas fundamentais
Adolescente pode colocar piercing? Veja 3 dicas fundamentais - Foto: Shutterstock

A cada dia que passa os jovens estão formando suas identidades mais cedo. Com isso, eles adquirem suas preferências e gostos que geralmente vem no ápice da adolescência no final da infância, com a chegada da pré-adolescência. E, dentre as atitudes mais clássicas desta fase, está a colocação de piercing.

Muitos jovens, no entanto, são proibidos pelos pais de colocar piercing pelos mais variados motivos. Assim, eles recorrem a meios caseiros para ter o tão sonhado furo. Isso é, sem pensar nos possíveis riscos que a colocação de um piercing pode trazer. 

A designer de jóias Vanessa Quintiliano, proprietária das franquias VQ Luxury Piercing, fala sobre como fazer a perfuração com segurança e quais riscos a pessoa pode correr ao fazer o procedimento de maneira caseira.

Cuidado com os riscos de infecção

Conforme Vanessa, há uma série de fatores que trazem o risco de desenvolver infecções. É o caso, por exemplo, da má higiene durante o procedimento, cuidados inadequados após a perfuração, ferramentas contaminadas, trauma no local do piercing, imunossupressão, e joias em locais de alto risco. 

“Para prevenir, é crucial seguir instruções de cuidados pós piercing fornecidos pelo profissional. Sempre fazendo a limpeza regular do local com soluções apropriadas, evitando sempre tocar no piercing com as mãos não lavadas”, orienta.

Além disso, ao fazer a aplicação em casa sem os itens apropriados, existem outras complicações graves que podem surgir além do risco elevado de infecção e do perigo de perfurar o local errado. É o caso, por exemplo, de contaminação, ângulo errado, rejeição, queloides e cicatrizes, doenças transmissíveis, localização incorreta, alergias e sensibilidades.

Pensando nisso, a profissional dá 3 dicas fundamentais para pais, responsáveis e adolescentes que desejam colocar piercing. Confira:

1 – Procure um local seguro

Se seu filho está determinado a ter o furo, pois isso faz parte da sua nova identidade, procure um local próprio para aplicação. “É importante encontrar um local seguro, onde tanto o estúdio quanto os perfuradores sejam licenciados e certificados pela ANVISA para realizar o procedimento”, diz a profissional.

”Pesquisar e pedir recomendações ajuda a evitar problemas futuros, é importante que o profissional tenha credenciais para fazer a perfuração, faça acompanhamento para garantir a cicatrização do local e para observar se a perfuração está tendo algum tipo de inflamação ou anomalias que não devem acontecer, para tomar de imediato as medidas necessárias”, orienta. 

2 – Visite o estúdio antes de fazer a aplicação

Além disso, é essencial fazer uma visita no local antes da aplicação. “Às vezes fechamos o procedimento pelas redes sociais e ao chegar no local percebemos falta de higiene e que a peça não é de boa qualidade. Por isso, é importante fazer uma visita antes ao estúdio e sentir segurança para o procedimento. Verifique as tabelas de preços comuns para fazer o furo na região do corpo que deseja e desconfie de procedimentos muito baratos”, reforça. 

3 – Evite piercing em regiões sensíveis

Alguns estúdios podem se recusar a fazer piercing em menores nas áreas mais sensíveis como: língua, umbigo ou partes genitais. “Alguns locais são mais arriscados devido ao risco aumentado de infecção, rejeição, danos aos nervos ou outras complicações”, pondera a designer. 

Adolescentes podem colocar piercing, com consentimento dos responsáveis

Vanessa ainda fala sobre a idade para fazer o procedimento. “A idade varia de acordo com as leis locais. Em muitos lugares a idade mínima seria 18 anos. No entanto, menores, com o consentimento dos pais ou responsáveis legais, podem fazer a perfuração”, pontua. 

Advertisement

Você também vai gostar

Fitness

Se você treina e ainda consome refrigerante regularmente, veja os prejuízos que a bebida está causando ao seu organismo

Saúde Bucal

Mesmo com dentes de leite, as crianças com bruxismo devem passar pelo tratamento, uma vez que a condição pode causar problemas mais graves

Sem categoria

O glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível no mundo. Entenda a importância do diagnóstico precoce

Saúde Bucal

A cárie oculta costuma surgir em locais onde a escova de dentes e o fio dental não alcançam. Veja como identificar o problema