Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Atenção domiciliar: quais os benefícios da desospitalização?

Pacientes estáveis que ainda precisam de acompanhamento podem recorrer à atenção domiciliar. Saiba quais as vantagens

Atenção domiciliar: quais os benefícios da desospitalização?
Atenção domiciliar: quais os benefícios da desospitalização? - Foto: Shutterstock

Quando os cuidados do hospital já não são mais necessários, mas o paciente ainda exige acompanhamento, a atenção domiciliar é uma alternativa. O processo de desospitalização (transferência do paciente de uma unidade hospitalar para o cuidado no domicílio) tem origem, na maioria das vezes, na internação hospitalar.

Em casa, o paciente recebe cuidados semelhantes aos do hospital. “No ambiente domiciliar e com o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar, realizamos administração de medicações. Além disso, a realização de curativos, acompanhamento de pacientes em ventilação mecânica e o atendimento de outras condições clínicas”, afirma Flávia Canuto, gerente comercial da Home Doctor.

Para iniciar a atenção domiciliar, o paciente precisa atender 3 critérios. O primeiro é o clínico, isto é, ter indicação médica e estar clinicamente estável. Também há os critérios sociais, como possuir um cuidador 24 horas e condições do domicílio, e os logísticos (possibilitar o acesso da equipe multidisciplinar no domicílio).

Benefícios da atenção domiciliar

Um dos grandes benefícios que a Atenção Domiciliar proporciona ao paciente é o retorno ao ambiente familiar, destaca Flávia. “Nossa experiência demonstra que no conforto do lar, sentindo-se emocionalmente mais seguro, próximo da família e de amigos, o restabelecimento do paciente é mais rápido na maior parte dos casos”, afirma. 

Segundo ela, outra grande vantagem é que o tratamento continuado em casa diminui consideravelmente o risco de o paciente contrair infecções. “Há ainda menor risco de complicações clínicas e diminuição de reinternações desnecessárias”, aponta.

Além disso, a atenção domiciliar traz vantagens também para hospitais. É o caso, por exemplo, do menor tempo de internação de pacientes crônicos e estáveis, liberando assim leitos para casos complexos.

Advertisement

Você também vai gostar

Emagrecer

Quem está se propondo a perder peso muitas vezes recupera o antigo número na balança. Conheça algumas dicas para emagrecer de forma definitiva

Doenças

Médica aponta que 50% das pacientes com lipedema também apresentam varizes. Veja como iniciar o tratamento das condições

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa