Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Copa do Mundo: otorrino explica máscara de jogador da Croácia

Joško Gvardiol, zagueiro da seleção croata, precisou disputar as partidas da fase de grupos usando uma máscara protetora. Entenda o motivo

Copa do Mundo: otorrino explica máscara de jogador da Croácia
Copa do Mundo: otorrino explica máscara de jogador da Croácia - Foto: Reprodução Instagram (@josko_gvardiol)

Quem viu a Croácia jogar na fase de grupos da Copa do Mundo certamente prestou atenção na máscara usada por Joško Gvardiol, zagueiro da seleção. O Dr. Bruno Borges de Carvalho Barros, médico otorrinolaringologista, explica a razão por trás do acessório.

“O zagueiro sofreu uma fratura no nariz durante uma partida em novembro, depois de trombar com um colega de time em campo. Trata-se de uma lesão que não precisou de cirurgia, mas que demanda proteção para evitar novas lesões, daí a função da máscara”, explica o especialista. 

“As fraturas nasais onde não há desalinhamento dos ossos podem ser tratadas sem intervenção cirúrgica. É importante controlar o sangramento nasal e acompanhar o impacto na respiração posteriormente”, completa o médico. 

Outros casos na Copa do Mundo

Mas essa não foi a primeira vez que um jogador entrou em campo utilizando a máscara de proteção. Son Heung-min, ponta-esquerda da seleção sul-coreana, também precisou do equipamento, e o motivo é bastante semelhante. O atleta sofreu uma fratura no olho esquerdo em novembro, quando ainda estava atuando pelo Tottenham. 

Son precisou passar por uma cirurgia e correu o risco de ficar fora da Copa do Mundo 2022. No entanto, o atleta se recuperou rapidamente, e optou por usar a máscara de proteção durante as disputas da competição.

“As máscaras são feitas de materiais como policarbonato e podem ser impressas em 3D para se ajustar exatamente nos contornos do rosto de cada atleta”, explica o otorrinolaringologista. 

Em outro trauma facial na Copa, o jogador do Canadá, Atiba Hutchinson, agitou as redes sociais por usar um curativo interno no nariz, parecido com um absorvente feminino. “Apesar da semelhança, trata-se de um tampão nasal com material que auxilia no controle do sangramento”, afirma o Dr. Bruno.

Advertisement

Você também vai gostar

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar

Medicamentos

Anfetamina prescrita para TDAH é frequentemente usada como um estimulante. Conheça os riscos do Venvanse

Fitness

Especialista em fisiologia do exercício aponta as principais diferenças entre crossfit, musculação, treino funcional e calistenia