Connect with us

O que você está procurando?

Saúde Mental

É preciso esvaziar a mente? O que não te contaram sobre meditação

Meditar não é tão fácil quanto parece, ao menos quando se acredita em tudo o que se vê por aí. Veja o segredo de uma meditação adequada

É preciso esvaziar a mente? O que não te contaram sobre meditação
É preciso esvaziar a mente? O que não te contaram sobre meditação - Foto: Shutterstock

Todo comecinho de ano traz um estímulo natural para enxergar a vida com outras perspectivas, com mais equilíbrio e foco na saúde e bem-estar. E, nesse contexto, uma forma de estar bem consigo mesmo e ter clareza nos pensamentos é praticar yoga regularmente, mais especificamente a meditação.

“O yoga é uma prática muito vasta que engloba diversos aspectos, como as posturas físicas, exercícios de respiração e meditação. Esta última possui um especial efeito quando se trata de redirecionamento dos hábitos de vida”, explica a professora de yoga Bruna Tiboni Kaiut.

No entanto, meditar não é uma tarefa tão simples. Ao menos, os mitos e desinformações que cercam a prática tornam ela muito mais difícil do que poderia ser. Por isso, a meditação guiada pode ser uma boa saída para quem está começando.

Meditação guiada

“A meditação guiada é feita pelo aluno através de alguns comandos dados pelo instrutor. Isso também pode ser feito sozinho conforme ganha-se prática”, diz Bruna, que é especializada no método Kaiut Yoga.

“No método, o foco da meditação é a busca de uma reconexão entre mente e corpo e regulação do sistema nervoso, o que afasta ansiedade e estresse, que podem interferir na clareza de pensamento de definição de metas para o ano novo, por exemplo”, afirma a professora.

Os primeiros passos da meditação

Para meditar é preciso estar em um local calmo, preferencialmente sentar-se com a coluna relaxada e com uma respiração consciente, o que também pode-se aprender com os ensinamentos do yoga.

“Depois, ocorre a busca da autoconsciência através do relaxamento. Isto é, sentir suas emoções e clarear a mente, que pode sofrer variações de acordo com o objetivo pelo qual se medita, podendo também ser associada às posições do yoga”, explica Bruna.

O erro mais comum ao meditar

Para a professora de yoga, a busca exclusiva por afastar pensamentos durante a meditação é o principal erro dos iniciantes na prática. “É comum observarmos muitas pessoas que começam a meditar e durante a prática tentam manter a mente absolutamente limpa, afastando qualquer tipo de pensamento, isso não traz tantos benefícios práticos”, revela.


“O mais importante é saber lidar com seus pensamentos e decidir os que merecem maior atenção. Isso permite, por exemplo, reprogramar seu padrão de pensamento e afastar reações negativas que surgem no dia a dia e podem desencadear situações de estresse, ansiedade, procrastinação, entre outros”, afirma.

Advertisement

Você também vai gostar

Medicamentos

Anfetamina prescrita para TDAH é frequentemente usada como um estimulante. Conheça os riscos do Venvanse

Fitness

Especialista em fisiologia do exercício aponta as principais diferenças entre crossfit, musculação, treino funcional e calistenia

Emagrecer

Diversos fatores levam ao ganho de peso. Conhecê-los é fundamental para conseguir emagrecer definitivamente

Dor

Diversos sintomas podem atingir o joelho, uma articulação naturalmente sobrecarregada. Entenda se os “estalos” exigem atenção