Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Imunidade alta o ano inteiro: 10 alimentos para te proteger

A alimentação é uma peça chave para manter a imunidade alta, o que é essencial para proteger o organismo de diferentes ameaças

Imunidade alta o ano inteiro: 10 alimentos para te proteger
Imunidade alta o ano inteiro: 10 alimentos para te proteger - Foto: Shutterstock

Não há melhor saída para prevenir doenças e problemas de saúde do que manter o sistema imunológico forte e preparado para defender o organismo – seja qual for a ameaça. Aliás, se engana quem acredita que uma imunidade alta é importante apenas durante o inverno, quando as temperaturas caem e condições como a gripe se tornam mais comuns.

Na verdade, o ideal é manter a imunidade alta o ano inteiro. E, nesse sentido, a alimentação pode ajudar. Afinal, a escolha do que se coloca no prato faz toda a diferença para o sistema de defesa. Por isso, é essencial garantir os nutrientes que são capazes de blindar o organismo contra bactérias e outros invasores responsáveis por uma série de doenças.

Pensando nisso, preparamos uma lista com 10 alimentos acessíveis que podem te ajudar a manter a imunidade alta durante todo o ano de 2024. Confira:

1. Beterraba 

É fonte de substâncias que aumentam a produção de óxido nítrico e agem como vasodilatadores. “Já as suas folhas são ricas em cálcio, ferro, vitamina C e betacaroteno. Então, é bom associar o consumo delas ao da beterraba”, indica o nutrólogo José Alves Lara Neto.

2. Alface 

A folha apresenta muitos nutrientes, poucas calorias e pode ser encontrada no país com facilidade em qualquer período do ano. É fonte de vitaminas como A e C, contribuindo para a manutenção da imunidade. Além disso, ela é composta por celulose, uma fibra que melhora o funcionamento do intestino, o famoso órgão da imunidade.

3. Iogurte 

“Nos iogurtes encontramos probióticos que melhoram a nossa flora intestinal, desse modo, reduzimos a presença de bactérias ruins e aumentamos as boas, diminuindo o risco de infecções e melhorando a absorção de nutrientes”, explica a nutróloga Andrea Pereira.

4. Alho

O tempero é capaz de acabar com micro-organismos nocivos e espantar males como resfriado, tosse e até mesmo bronquite. Ele também evita inflamações e ajuda a controlar a pressão arterial e os níveis de colesterol. Isso porque o alimento é fonte de alicina, que atua como um potente antioxidante, protetor contra doenças inflamatórias e cardiovasculares.

5. Laranja 

Além do delicioso suco que é possível obter por meio da fruta, ela também é fonte de vitamina C, nutriente essencial para o sistema imunológico. Ela funciona como antioxidante, barrando algumas doenças, como resfriados e até mesmo tumores. Os benefícios da laranja não param por aí. Ela ainda é rica em fibras e potássio: a primeira ajuda o intestino a funcionar com regularidade; e o segundo auxilia no controle da pressão arterial.

6. Castanha-do-pará 

Muito selênio é o que essa oleaginosa oferece. O mineral age na tireoide, fortalece o sistema imunológico, diminui o risco de tumores e os efeitos do refluxo. Além disso, a castanha é fonte de gordura poli-insaturada, aquela que protege o coração contra o mau colesterol (LDL).

7. Couve

Tradicional acompanhante da feijoada, a couve merece mais espaço no cardápio. Isso porque possui vitaminas como A e C, ao lado de substâncias que estimulam a produção de enzimas que ajudam o corpo a se proteger de tumores. Além disso, suas folhas têm propriedades anti-inflamatórias que amenizam a irritação das mucosas do estômago, aliviando os sintomas da gastrite, por exemplo.

8. Açaí

Aumenta o vigor físico por possuir alto valor energético e vitaminas do complexo B. Ômega 6, ômega 9, proteínas, carboidratos e minerais também estão presentes nessa fruta. Além das fibras, que são boas para intestino e o ferro, que previne a anemia e ajuda a fortalecer a musculatura. A dica é não abusar dos complementos para não comprometer a dieta.

9. Cenoura 

O alimento é fonte de vitamina A, nutriente importantíssimo para manter a pele bonita, além de proteger os olhos. A cenoura ainda possui betacaroteno, importante antioxidante. “É um dos alimentos mais ricos nesta substância. Ela ajuda na proteção da pele contra os raios UVA e UVB”, conta  o nutrólogo André Veinert. A carência deste antioxidante pode provocar problemas no sistema imunológico, deixando você bem mais suscetível à infecções.

10. Feijão

Acompanhante perfeito para o arroz, o feijão é uma das melhores fontes de proteína vegetal, essencial para a construção dos tecidos do corpo. Além disso, possui substâncias antioxidantes capazes de prevenir doenças e infecções. Por conter grande quantidade de fibras, também ajuda a regular o intestino.

Esforços além da dieta

Por mais que uma alimentação reforçada e balanceada ajude a proteger o sistema imunológico, ela sozinha não é capaz de promover milagres. De acordo com o nutricionista Antônio Wanderson Lack de Matos, a dieta é apenas uma parte da equação. Isso porque  dormir o suficiente, fazer exercícios regularmente e gerenciar o estresse também são vitais para a imunidade.

“Quanto à suplementação, em casos de deficiências específicas de nutrientes, pode ser necessário tomar suplementos, mas isso deve ser feito sob orientação de um profissional de saúde. Em geral, é preferível obter nutrientes a partir de alimentos, pois eles contêm uma variedade de compostos benéficos que os suplementos não oferecem”, explica. 

Advertisement

Você também vai gostar

Sem categoria

O glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível no mundo. Entenda a importância do diagnóstico precoce

Saúde Bucal

A cárie oculta costuma surgir em locais onde a escova de dentes e o fio dental não alcançam. Veja como identificar o problema

Beleza

A rinoplastia é uma das cirurgias plásticas mais feitas no Brasil, mas ainda é cercada de muitos mitos e tabus

Dor

Ortopedista aponta que a dor pode surgir no quadril sem percebermos, e irradiar para o joelho, causando bastante desconforto