Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Nutricionista revela como lidar com os excessos de fim de ano

As confraternizações de fim de ano podem causar excessos na alimentação. Nutricionista mostra como aproveitar a época sem neuras

Nutricionista revela como lidar com os excessos de fim de ano
Nutricionista revela como lidar com os excessos de fim de ano - Foto: Shutterstock

O fim de ano é geralmente marcado por muitas festas: confraternizações, Copa do Mundo, Natal e Ano Novo. Isso significa que há muitas oportunidades para “meter o pé na jaca”, o que pode ocasionar o temido ganho de peso. Em seguida, é comum o sentimento de culpa.

Com isso, há quem adote estratégias compensatórias, como fazer jejum, praticar exercícios físicos de maneira exagerada e até pular refeições nos dias que antecedem as festas. No entanto, a nutricionista Sophie Deram afirma que compensar não é nem um pouco vantajoso.

“Ao adotar medidas compensatórias, acabamos restringindo a alimentação. Já sabemos que restringir gera mais apetite e maior desejo por alimentos, seja durante ou após as comemorações. Mas se quer saber… um exagero ocasional é totalmente normal”, comenta a especialista. “Além disso, a variedade de pratos e a grande quantidade de comida na mesa pode levar qualquer um a comer mais que o habitual, é o que chamamos de fome social”, completa.

5 dicas para lidar com os excessos de fim de ano

Para fugir da compensação, Sophie dá 5 dicas para não perder totalmente o controle no fim de ano. Confira:

1. Escute o seu corpo

“Em vez de se privar de alimentos e recorrer a dietas restritivas, ouça seu corpo. Ele comunica quando está com fome, quando atingiu a saciedade, quando está precisando de nutrientes e combustível e quando precisa descansar. É importante estar atento a isso e respeitar as vontades”, afirma.

2. Saiba voltar à rotina

As festas de fim de ano fazem parte de um período atípico do ano. No entanto, após a celebração a dica é voltar à rotina, com horários regulares para se alimentar e consumindo preferencialmente comida fresca e caseira, indica a especialista.

3. Aprenda a lidar com os excessos

Sabendo que as comemorações se aproximam, não coma menos nos dias anteriores com o intuito de se esbaldar e posteriormente restringir a alimentação novamente. “É importante estar bem nutrido antes e após essas comemorações. E ao longo das festas o melhor a se fazer é aproveitar, comendo até atingir a saciedade e bebendo com moderação”, reforça Sophie.

4. Beba bastante água 

“É importante hidratar-se e repor os líquidos perdidos nas festas. Portanto, consuma bebidas de que gosta, dando preferência à água”, aconselha a nutricionista.

5. Coma com prazer e sem culpa

“Lembre-se que não existem alimentos bons e ruins. Não é o petisco durante os jogos da Copa ou a rabanada no Natal que irá fazer você engordar. Por isso, deixe as neuras de lado e saboreie os alimentos. Você vai ver que assim fica mais fácil comer com moderação”, finaliza.

Advertisement

Você também vai gostar

Notícias

Colocado através de cirurgia, o implante coclear é indicado para pacientes com perda auditiva severa à profunda

Notícias

Compressões na coluna vertebral podem pode afetar a funcionalidade dos nervos, levando a sensação de formigamento nas mãos e nos dedos

Doenças

A sarcopenia diminui a massa muscular, a força e, com isso, a qualidade de vida de pessoas idosas - especialmente as sedentárias

Doenças

Casos de AVC e infarto aumentam entre 20% e 30% respectivamente durante o clima frio. Veja como se proteger no inverno