Connect with us

O que você está procurando?

Saúde Bucal

Sorriso bonito sem procedimentos estéticos? Saiba se é possível

As facetas e as lentes de contato tem feito sucesso entre quem quer ter um sorriso bonito. No entanto, elas podem desgastar os dentes

Sorriso bonito sem procedimentos estéticos? Saiba se é possível
Sorriso bonito sem procedimentos estéticos? Saiba se é possível - Foto: Shutterstock

Quem quer ter um sorriso bonito atualmente, costuma pensar automaticamente em facetas e lentes de contato dentais. Afinal, as redes sociais estão repletas de fotos de celebridades que realizaram esses procedimentos, fazendo parecer que o sorriso natural é coisa do passado. No entanto, a realidade não precisa ser assim.

Vale destacar que, como todo procedimento estético em excesso, as facetas e lentes de contato podem se tornar um exagero, causando danos aos dentes. Principalmente se o procedimento não for individual e não contar com o planejamento adequado.

Quando recorrer às facetas e lentes de contato?

Segundo a dentista Caroline Malavasi, Doutora em Odontologia pela UFF (Universidade Federal Fluminense), as facetas e as lentes são uma opção para casos em que os dentes naturais não apresentam mais aspectos estéticos bonitos, sejam por problemas de má formação ou sejam por traumas e fraturas. Porém, não necessariamente elas precisam ser realizadas em todos os dentes da boca, por isso é indispensável uma avaliação individualizada de cada caso. 

“Existem sim as indicações específicas para a colocação de lentes e facetas. E elas são maravilhosas por devolver a autoestima de diversos pacientes, como os que apresentam pigmentações crônicas, malformações dentárias e fraturas. Acontece que nem sempre é necessário colocar em todos os dentes, muitas pessoas acham que apenas elas são a salvação para um sorriso de ‘artista’, mas existem outras opções também”, afirma a especialista.

Fora isso, a dentista observa na rotina clínica que, na grande maioria das vezes, os maiores incômodos são referentes à posição dos dentes na arcada dentária e, também, incômodos por conta de cor. “Todos nós queremos dentes mais branquinhos, porém, hoje em dia, temos alternativas de procedimentos menos invasivos para a solução desses problemas, por isso nem sempre as facetas são a melhor opção”, destaca.

Esses procedimentos desgastam os dentes?

A dentista explica que as lentes de contato dentais e facetas são procedimentos muito semelhantes. Basicamente, o que muda entre eles é a espessura do material escolhido, podendo ser de cerâmica ou de resina. 

“Por isso, tanto para um quanto para o outro, precisamos desgastar os dentes sim, mesmo que seja pouca coisa, nós vamos precisar desgastar. Isso a fim de evitar projeções, sobrecontornos e problemas periodontais graves”, afirma. 

Segundo ela, se o incômodo do paciente for a alteração de cor, os desgastes ainda precisam ser maiores. “Por se tratar de um procedimento definitivo, caso seja necessário uma remoção, novas lentes ou facetas precisarão ser feitas para substituir as antigas“, acrescenta.

Outras alternativas para ter um sorriso bonito e natural

Segundo ela, a correção de posição dentária, por exemplo, já dispensa o uso de aparelho fixo com braquetes. “Isso porque já temos atualmente os chamados alinhadores invisíveis, que são plaquinhas ortodônticas transparentes que possuem movimentos pré-programados em softwares específicos de computador”, explica.

Além disso, o clareamento dental ainda é uma excelente solução para minimizar o amarelado dos dentes. Ele apresenta um aspecto bem saudável e não precisando de desgastes dentais. Também pode ser realizado tanto em consultório, com concentrações mais elevadas, e em casa com concentrações mais baixas.

“Optar por um sorriso natural, apenas com ortodontia, por meio do uso dos alinhadores invisíveis e com o clareamento dental, pode trazer de volta um sorriso bonito, semelhante aos dos artistas, sem fazer uma mudança que é difícil de ser revertida”, ressalta Caroline.

Cuidados com a saúde bucal

A dentista alerta ainda que sempre é necessário cuidar da saúde bucal em primeiro lugar, antes de pensar em qualquer procedimento, seja invasivo ou minimamente invasivo. E lembra o quanto é importante manter a manutenção periódica com um especialista em dia. 

“A escovação diária com cuidados como fio dental e enxaguante bucal, além da consulta periódica do mínimo a cada seis meses com o seu dentista é fundamental para evitar cáries, sensibilidade e doenças periodontais. Depois de estar com a saúde em dia, partimos para o melhor e mais individualizado procedimento odonto-estético e é ideal priorizar a beleza natural dos dentes”,  finaliza a especialista.

Advertisement

Você também vai gostar

Notícias

Colocado através de cirurgia, o implante coclear é indicado para pacientes com perda auditiva severa à profunda

Notícias

Compressões na coluna vertebral podem pode afetar a funcionalidade dos nervos, levando a sensação de formigamento nas mãos e nos dedos

Doenças

A sarcopenia diminui a massa muscular, a força e, com isso, a qualidade de vida de pessoas idosas - especialmente as sedentárias

Doenças

Casos de AVC e infarto aumentam entre 20% e 30% respectivamente durante o clima frio. Veja como se proteger no inverno