Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Tony Ramos tem hematoma subdural; veja estado de saúde do ator

Tony Ramos foi internado com sangramento no cérebro, consequência de um hematoma subdural. Entenda o quadro

Tony Ramos tem hematoma subdural; veja estado de saúde do ator
Tony Ramos tem hematoma subdural; veja estado de saúde do ator - Foto: Reprodução Instagram (@portaltonyramos)

Tony Ramos, 75, recebeu alta do Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Samaritano Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, na quarta-feira (22). No entanto, o ator deve permanecer hospitalizado até domingo. O boletim médico do ator diz que o ator continua em evolução no quadro clínico e em plena recuperação.

Tony Ramos chegou ao hospital no dia 16 de maio, depois de sofrer sangramento no cérebro. O artista precisou passar por duas cirurgias em um intervalo de três dias: a primeira para drenar o hematoma subdural, um acúmulo de sangue entre o cérebro e o revestimento externo, o crânio. O segundo procedimento foi necessário depois que o ator teve coágulos e um novo sangramento intracraniano.

O que é o hematoma subdural

De acordo com Victor Hugo Espíndola, neurocirurgião e especialista em doenças cerebrovasculares, o hematoma subdural é um sangramento que se localiza abaixo da dura máter, uma das membranas que recobrem o cérebro. 

“Nós temos dois tipos de hematoma subdural, o agudo e o crônico. O hematoma subdural agudo normalmente é consequente a traumas de um impacto maior, como acidente de carro, queda de moto ou queda de altura. Então, traumas de alto impacto normalmente são causas de um hematoma subdural agudo”, explica. 

Já o hematoma subdural crônico pode acontecer mesmo em situações de um trauma de baixo impacto, indica o especialista. “Este é um tipo de hematoma que vai crescendo aos poucos. Então, até que se o paciente tiver um TCE e fizer uma tomografia logo de imediato, ela vai estar normal. E dali com 20 dias, 30 dias, às vezes 45 dias, já pode mostrar o sangramento, porque ele vem aumentando aos poucos”, complementa o médico.

Victor Hugo aponta que o hematoma subdural crônico é mais comum em idosos, principalmente os pacientes que fazem uso de medicações anticoagulantes ou antiagregantes. Além disso, pacientes com alto consumo de álcool também têm maior tendência a sofrer do problema. 

Sintomas e evolução do quadro

Não se sabe qual o caso de Tony Ramos, mas a forma crônica é a mais comum. Segundo o neurocirurgião, os sintomas da condição incluem desde dor de cabeça até um quadro mais intenso que pode levar a perda de força de um lado do corpo e sonolência. Sem o tratamento, a condição pode levar ao coma.

“Se o hematoma crescer progressivamente e causar um quadro de hipertensão intracraniana muito grave. Assim, o paciente pode entrar em coma e morrer”, alerta o especialista. 
O tratamento, segundo o médico, depende do tamanho desse hematoma. Hematomas muito pequenos podem ser tratados com cateterismo ou até mesmo com medicamentos. Já as lesões grandes com efeito de massa, que causam hipertensão intracraniana, exigem cirurgia para cessar o sangramento e aliviar a pressão dentro do cérebro, como foi o caso do ator.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Tomar a vacina e evitar mudanças bruscas de temperaturas estão entre as medidas essenciais para evitar doenças do outono e inverno

Doenças

Alto número de casos de dengue no Brasil assusta a pais e responsáveis por crianças e recém-nascidos, que são mais suscetíveis à doença

Doenças

Nem só de espirros é feita a alergia a ácaros. Conheça outros sinais do problema e como combatê-lo diretamente na raiz

Doenças

A cantora Halsey deu a entender em postagem no Instagram que está enfrentando lúpus. Conheça os sintomas da condição que não tem cura