Connect with us

O que você está procurando?

Saúde Mental

Yoga ajuda a reduzir os níveis de estresse; veja como começar

As técnicas milenares do yoga contribuem diretamente para reduzir os níveis de estresse, impedindo que o problema se torne crônico

Yoga ajuda a reduzir os níveis de estresse; veja como começar
Yoga ajuda a reduzir os níveis de estresse; veja como começar - Foto: Shutterstock

O estresse tem, pouco a pouco, se tornado cada vez mais presente no nosso dia a dia, com um grande risco de se tornar um problema crônico. Isso acontece, em grande parte, devido ao estilo de vida moderno, que traz uma avalanche de informações, altas demandas a serem supridas, pouco tempo de autocuidado, entre outros fatores.

Por isso, além dos tratamentos médicos para controle do estresse, nossos hábitos ditam bastante sobre como será nossa relação com o estresse. Nesse sentido, o yoga é a prática mais completa para combater esse problema, afirma o professor de yoga e naturopata, Ravi Kaiut.

“O yoga é uma prática complementar essencial para o tratamento do estresse, justamente por integrar posturas físicas, técnicas respiratórias, meditação e hábitos saudáveis. Essa abordagem ampla traz uma resposta completa ao problema ao promover equilíbrio mental, emocional e físico”, explica.

Como usar o yoga no controle do estresse

Ravi explica como as técnicas do yoga podem ajudar a reduzir os níveis do problema, impedindo que ele se torne crônico. Confira:

Asanas: posturas físicas do yoga contra o estresse

De acordo com Ravi Kaiut, as asanas, posturas físicas do yoga, uma de suas técnicas mais famosas, ajudam a combater os sinais físicos do estresse.

“As posturas físicas do Yoga geram um relaxamento muscular, reduzem a tensão corporal e aumentam a consciência corporal. Esses fatores permitem combater os sinais  físicos do estresse. Além disso, ao praticar as posturas, o corpo libera endorfinas, hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar, e diminui os níveis de cortisol, o ‘hormônio do estresse’”, explica.

Pranayama: sua respiração é importante no yoga

A respiração é um dos principais fatores envolvidos no estresse, desencadeando outros sintomas perigosos, por isso, saber controlar bem a sua respiração e usar as técnicas milenares do yoga, conhecidas como Pranayama, ajuda a modular melhor o estresse no dia a dia, afirma Ravi.

“As técnicas respiratórias do yoga ajudam a acalmar o sistema nervoso, reduzir a ansiedade, aumentar a oxigenação do corpo, diminuir os batimentos cardíacos e induzir a um estado de relaxamento profundo. Tudo isso ajuda a controlar o estresse, principalmente em situações de pico do problema”, aponta o professor.

Meditação: o terceiro item do tripé

Além dos impactos e causas físicas do estresse, a mente também tem um papel fundamental. Isso porque é na forma que lidamos, entendemos e relacionamos situações na nossa mente que nasce o estresse como uma resposta, muitas vezes, desproporcional à situação. 

Por isso, é importante recorrer à meditação para melhorar a forma como sua mente lida com o problema, revela Ravi Kaiut.

“As técnicas meditativas no yoga ajudam a fortalecer a mente para lidar com o estresse ao permitir identificar seus gatilhos e a controlar suas reações. Promove autoconhecimento, autocontrole e inteligência emocional, fundamentais para modular a resposta a situações estressantes e minimizar os impactos disso na sua saúde física e mental”, afirma.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar