Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

10 alimentos para cortar do prato em 2023

Médica nutróloga aponta quais alimentos devem ser evitados neste ano para facilitar a perda de peso e evitar o surgimento de doenças

10 alimentos para cortar do prato em 2023
10 alimentos para cortar do prato em 2023 - Foto: Shutterstock

Perder peso está entre as suas metas de ano novo? Então essa lista com certeza vai te ajudar. A nutróloga Dra. Ana Luisa Vilela, médica especialista em emagrecimento, separou os 10 alimentos que devem ser riscados da lista do supermercado.

Ela conta que esses 10 itens não servem apenas para começar 2023 com mais saúde, mas também colabora para evitar algumas doenças e ainda perder peso de maneira bem mais simples do que se imagina. Tirando do prato alguns alimentos que são ricos em sódio, gorduras e calorias vazias, por exemplo, a médica afirma que é possível melhorar muito a qualidade de vida.

10 alimentos para riscar da lista de compras

A médica nutróloga aponta quais tipos de alimentos devem ficar longe do seu prato neste próximo ano. Confira:

1- Embutidos e defumados. Ees são ricos em sais e gorduras podem induzir doenças no trato gastrointestinal se consumidos em excesso.

2 – Sal de adição. Colocar sal a mais em pratos prontos colabora para a retenção de líquidos e é o inimigo de quem tem pressão alta e problemas cardíacos;

3 – Corantes sintéticos. São normalmente encontrados em alimentos com pigmento forte industrializado como balas e sucos em pó. Por isso, podem causar alergias graves.

4- Frituras em óleo. O óleo oxidado usado em frituras é um veneno para nosso colesterol aumentando muito o risco de distúrbios cardiovasculares.

5 – Salsicha. Este é um alimento rico em gorduras, corantes e possui baixa qualidade. Se for consumir, dê preferência então para as salsichas artesanais com alimentos selecionados.

Sua saúde vai agradecer

6- Biscoitos industrializados, margarina e sanduíches fast food. Todas essas opções são ricas em gorduras e carnes processadas muito calóricas. Além disso, elas estimulam a comer rápido, pois são macios e deixam o ato de mastigar em segundo plano, explica a nutróloga. 

“Os biscoitos são recheados com recheios artificiais ricos em gorduras, açúcares e corantes e você nunca come um só, o que aumenta ainda mais a ingestão de gorduras ruins e calorias. Isso também induz as crianças a só comer besteiras, deixando de lado os bons alimentos como frutas e legumes”, enfatiza.

7 – Macarrão instantâneo. Este é um alimento que já vem industrializado pré frito, rico em sal, gorduras e calorias. Também proporciona baixa ingestão de nutrientes. São famosos por serem uma opção barata e rápida, porém pouco saudável.

8 – Açúcar branco. Além de ter calorias vazias, este alimento engorda e aumenta o risco de diabetes quando consumido em grande quantidade.

9 – Balas e Marshmallow. Essas são opções ricas em gorduras, que aumentam o ganho de peso e não possuem nenhum nutriente. Também pioram a qualidade dos dentes.
10 – Gordura visível em carnes de origem animal. “Mesmo sabendo a delícia que é um torresmo ou aquela gordurinha da picanha, ou a pele crocante do frango, todas são maléficas para a saúde. É melhor investir em carnes magras como filé de frango ou peixes e sempre tirar aquelas gordurinhas visíveis. Esses excessos prejudicam o bom funcionamento do coração”, finaliza a nutróloga.

Advertisement

Você também vai gostar

Emagrecer

Quem está se propondo a perder peso muitas vezes recupera o antigo número na balança. Conheça algumas dicas para emagrecer de forma definitiva

Doenças

Médica aponta que 50% das pacientes com lipedema também apresentam varizes. Veja como iniciar o tratamento das condições

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa