Connect with us

O que você está procurando?

Doenças

4 coisas que afetam a saúde do seu coração sem você saber

Hábitos do dia a dia que prejudicam o coração podem passar despercebidos. Por isso, é importante manter-se sempre atento

4 coisas que afetam a saúde do seu coração sem você saber
4 coisas que afetam a saúde do seu coração sem você saber - Foto: Shutterstock

Todos sabemos que uma alimentação saudável e a prática regular de atividades físicas é essencial para manter o coração saudável. No entanto, a grande maioria das pessoas desconhece a associação entre hábitos que passam despercebidos no dia a dia e a saúde cardíaca.

Quem faz o alerta é o médico cardiologista Dr. Roberto Yano, que lembra que o  coração é um órgão nobre do organismo, bombeando sangue e oxigênio para todo o corpo, mantendo órgãos e tecidos funcionando corretamente, garantindo nossa vitalidade e bem-estar. 

Contudo, o nosso estilo de vida pode afetá-lo diretamente – seja prevenindo ou estimulando problemas cardíacos no futuro. Apesar disso, muitas pessoas sequer conhecem os impactos de suas ações diárias na saúde do seu coração, explica Roberto Yano.

“Muitas pessoas acabam subestimando os impactos dos seus hábitos na saúde do coração, negligenciando cuidados preventivos. Isso acontece porque muitas coisas são tidas como banais ou com pouco impacto, mas que, principalmente com o passar do tempo, acabam gerando grandes impactos”, afirma.

4 coisas que você não sabia que afetam seu coração

Pensando nisso, o especialista destaca quatro fatores que afetam a saúde do nosso coração sem percebermos. Confira:

1 – Saúde mental

“Problemas de saúde mental como ansiedade, depressão e estresse crônico podem prejudicar diretamente a sua saúde cardiovascular, aumentando o risco de doenças cardíacas e complicações relacionadas. Além disso, comportamentos como solidão e isolamento social também têm impacto na saúde cardíaca”, aponta o médico.

2 – Sono de má qualidade

“A insônia crônica, a privação regular de sono ou um sono de má qualidade afetam diretamente a saúde cardíaca, aumentando o risco de infarto e AVC, além de estimular problemas como ansiedade e estresse, criando um ciclo perigoso para o coração”, diz o cardiologista.

3 – Ficar sentado em excesso

Segundo Yano, estudos já demonstraram que ficar sentado por muitas horas ao longo do dia prejudica a sua circulação sanguínea e, consequentemente, a saúde cardíaca. “Para evitar esses problemas é importante fazer pausas regulares com exercícios físicos leves durante elas para estimular a circulação”, recomenda o médico.

4 – Consultar um médico apenas quando surgem sintomas

Em praticamente todas as doenças cardiovasculares os primeiros sintomas surgem quando a situação já está agravada. Ou seja, as chances de recuperação são menores. “Por isso, é importante realizar exames de rotina, mesmo sem sintomas, como forma de identificar precocemente quaisquer doenças que surjam e tratá-las de forma mais eficaz”, explica o Dr. Roberto Yano.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar