Connect with us

O que você está procurando?

Doenças

Alerta para os ouvidos: veja o que pode te levar à surdez

A surdez adquirida, aquela que se desenvolve ao longo da vida, pode ser resultado de uma série de fatores. Saiba quais

Alerta para os ouvidos: veja o que pode te levar à surdez
Alerta para os ouvidos: veja o que pode te levar à surdez - Foto: Shutterstock

Atenção! Se você precisa, com frequência, que os outros repitam o que foi dito, tem dificuldade de entender conversas quando há outros sons no ambiente, não consegue definir a origem dos sons e assiste TV com o som bem alto, é hora de ligar o alerta e marcar uma consulta médica. Isso porque esses são alguns sintomas de uma potencial surdez.

Quem faz o alerta é a médica otorrinolaringologista Hospital São Vicente de Paulo (RJ) Dra. Monik Queiroz. “A perda gradativa da audição pode ocorrer sem que o paciente perceba a gravidade da situação. Por isso, é importante ficar atento aos primeiros sinais para garantir o diagnóstico precoce e o tratamento mais adequado para cada caso”, explica. 

Cerca de 5% da população brasileira, algo em torno de 10 milhões de pessoas, sofre com algum grau de surdez, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “A audição tem um papel de grande importância para a nossa qualidade de vida. Na primeira infância, por exemplo, ela é fundamental para garantir o correto desenvolvimento da linguagem da criança”, ressalta a especialista.

A médica explica que a surdez pode ser congênita ou adquirida. Isto é, quando o paciente nasce com capacidade auditiva preservada e apresenta perda de audição ao longo da vida. “Há alguns fatores que podem levar à surdez congênita. É o caso, por exemplo, do uso de alguns tipos de medicamentos pela gestante e a história familiar de surdez, entre outros”, revela a médica. 

Causas mais comuns da surdez adquirida

No entanto, a surdez adquirida também é bastante comum, e pode ocorrer por uma série de fatores. Monik revela os principais potenciais de risco:

1 – Envelhecimento: associado a uma combinação de fatores genéticos, ambientais e de estilo de vida, o envelhecimento é a principal causa da surdez adquirida. Essas combinações provocam alterações no ouvido interno, onde as ondas sonoras se convertem em impulsos nervosos que vão para o cérebro.

2 – Excesso de ruído: quando ficamos expostos a ruídos muito altos com frequência, as estruturas mais sensíveis dos ouvidos ficam comprometidas e podem levar ao desenvolvimento da surdez.

3 – Infecções no ouvido médio: geram o acúmulo de secreção na caixa timpânica e podem obstruir o movimento dos tímpanos e dos ossículos ligados a ele. Como o ouvido médio é responsável por enviar sons para o nervo auditivo, qualquer obstrução pode causar perda auditiva.
4 – Perfuração de tímpano: geralmente é consequência de infecções, ruídos intensos, mudança na pressão atmosférica ou objetos perfurantes no ouvido que podem resultar em surdez, caso haja o tratamento adequado.

Advertisement

Você também vai gostar

Sem categoria

O glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível no mundo. Entenda a importância do diagnóstico precoce

Saúde Bucal

A cárie oculta costuma surgir em locais onde a escova de dentes e o fio dental não alcançam. Veja como identificar o problema

Beleza

A rinoplastia é uma das cirurgias plásticas mais feitas no Brasil, mas ainda é cercada de muitos mitos e tabus

Dor

Ortopedista aponta que a dor pode surgir no quadril sem percebermos, e irradiar para o joelho, causando bastante desconforto