Connect with us

O que você está procurando?

Saúde Mental

Aperto de mão fraco pode indicar depressão, afirma estudo

Estudo sul-coreano apontou que o aperto de mão fraco pode ser um indicador precoce de depressão. Conheça os sintomas da doença

Aperto de mão fraco pode indicar depressão, afirma estudo
Aperto de mão fraco pode indicar depressão, afirma estudo - Foto: Shutterstock

Cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade Yonsei, na Coreia do Sul, sugerem que um simples aperto de mão tem muito a dizer sobre uma pessoa, inclusive sobre sua saúde mental. O estudo sul-coreano apontou que uma pegada fraca pode ser um sinal precoce de depressão. Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores avaliaram 51 mil adultos de seis países, todos tinham mais de 45 anos.

Como foi feito o estudo

A equipe responsável pela pesquisa mediu a força de pegada dos voluntários com um dinamômetro. Mais tarde, eles compararam os resultados com uma avaliação de saúde mental. Os respondentes deveriam avaliar afirmações como: “Estou incomodado com coisas que geralmente não me preocupam” e “Senti que tudo o que fiz foi um esforço em vão”, por exemplo.

As pessoas que tinham menos forças nas mãos apresentaram até três vezes mais chances de concordar com afirmações negativas, comportamento que já está associado à depressão. “A avaliação oportuna da força de preensão manual pode ajudar na detecção precoce do risco de depressão entre adultos de meia-idade e idosos”, sugerem os autores do trabalho.

Os pesquisadores não definiram um motivo específico para a relação entre a depressão e a fraqueza das mãos. No entanto, eles sugerem que a pegada fraca pode estar associada à carência de atividades físicas, que também costuma se relacionar à deterioração do bem-estar mental. Os autores destacam que, embora o método possa contribuir para o diagnóstico, não substitui uma avaliação psicológica adequada.

Sintomas de depressão

A prevalência de depressão ao longo da vida no Brasil está em torno de 15,5%, aponta o Ministério da Saúde. Ainda de acordo com a pasta, os sinais indicativos de depressão são:

  • Humor depressivo: sensação de tristeza, autodesvalorização e sentimento de culpa. Acreditam que perderam, de forma irreversível, a capacidade de sentir prazer ou alegria. Tudo parece vazio, o mundo é visto sem cores, sem matizes de alegria. Muitos se mostram mais apáticos do que tristes, referindo “sentimento de falta de sentimento”. Julgam-se um peso para os familiares e amigos, invocam a morte como forma de alívio para si e familiares. Fazem avaliação negativa acerca de si mesmo, do mundo e do futuro. Percebem as dificuldades como intransponíveis, tendo o desejo de pôr fim a um estado penoso. Além disso, os pensamentos suicidas variam desde o desejo de estar morto até planos detalhados de se matar. Esses pensamentos devem ser sistematicamente investigados;
  • Retardo motor, falta de energia, preguiça ou cansaço excessivo, lentificação do pensamento, falta de concentração, queixas de falta de memória, de vontade e de iniciativa;
  • Insônia ou sonolência: A insônia geralmente é intermediária ou terminal. A sonolência está mais associada à depressão chamada Atípica;
  • Apetite: geralmente diminuído, podendo ocorrer em algumas formas de depressão aumento do apetite, com maior interesse por carboidratos e doces;
  • Redução do interesse sexual;
  • Dores e sintomas físicos difusos como mal estar, cansaço, queixas digestivas, dor no peito, taquicardia, sudorese.
Advertisement

Você também vai gostar

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar

Medicamentos

Anfetamina prescrita para TDAH é frequentemente usada como um estimulante. Conheça os riscos do Venvanse