Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Bronzeado perfeito: veja quais alimentos estimulam o bronzeamento

Alimentos ricos em betacaroteno são ideais para ajudar a estimular o bronzeado perfeito no verão. Veja o que incluir na dieta

Bronzeado perfeito: veja quais alimentos estimulam o bronzeamento
Bronzeado perfeito: veja quais alimentos estimulam o bronzeamento - Foto: Shutterstock

O verão já está batendo à porta, e a época de pegar um bronze na praia está logo aí!  À medida que os dias vão ficando mais quentes e o sol se intensifica, muitos desejam aquela tonalidade dourada que ilumina a pele e traz um tom de saúde. É nesse contexto que exploramos um aliado valioso para quem busca um bronzeado saudável: o betacaroteno.

O betacaroteno já é super conhecido pelo bronzeado, além da saúde da pele, cabelo, unhas e ossos. “Esse pigmento natural é encontrado em alguns alimentos, como a cenoura e a couve. Pertence à família dos carotenoides, que são pigmentos lipossolúveis bastante coloridos responsáveis pela coloração laranja, amarela e vermelha de vários alimentos”, explica Dr. Christian Aguiar, expert em suplementação natural e pós-graduado em nutrologia.

Benefícios do betacaroteno

Além disso, o betacaroteno protege a pele contra os raios UV, aumentando a produção do pigmento protetor da melanina. Ele também se acumula na pele, dando a ela uma coloração saudável, bonita e atrativa, proporcionando um bronzeado incrível. 

O profissional destaca ainda que os carotenóides também trazem muitos benefícios para a saúde, comprovadamente. Eles são poderosos antioxidantes, e alguns como o betacaroteno podem se converter em vitamina A e ainda prevenir o aparecimento do câncer, doenças cardiovasculares e até da catarata.

Após a ingestão, essa substância tem a capacidade de se transformar em vitamina A por meio de reações químicas no organismo. Por isso, os alimentos ricos em betacaroteno são chamados de “Pró vitamina A”. 

Vale destacar que essa vitamina é essencial para o reforço do sistema imunológico, o estímulo à produção de colágeno e também o fortalecimento dos ossos, participando diretamente na remineralização de cálcio, ferro e fósforo na matriz óssea. Mas não só isso: a vitamina A também protege a córnea e outras estruturas oculares, promovendo a saúde dos olhos.

Alimentos que ajudam a conquistar o bronzeado perfeito

Christian afirma que o betacaroteno está nas cenouras, na couve, no espinafre, na abóbora e em outros alimentos de coloração verde escura e laranja. “É melhor absorvido quando o alimento contém alguma fonte benéfica de gorduras, como o azeite de oliva extravirgem, por exemplo. E para quem não consome o suficiente desses alimentos, pode ser também suplementado em cápsulas”, diz o profissional. 

Segundo a orientação do médico, é recomendável que todos incorporem o betacaroteno e outros carotenóides em sua alimentação, pois os alimentos que contêm essa substância são abundantes em vitaminas essenciais para a saúde e o funcionamento adequado do corpo, sendo particularmente cruciais para atletas e desportistas. O especialista enfatiza que a melhor maneira de obter betacaroteno é através da alimentação, embora também seja possível suplementar por meio de cápsulas diárias. 

Ele lista os alimentos ricos em betacaroteno e que, portanto, podem ajudar a conquistar um bronzeado incrível:

  • Cenoura;
  • Acerola;
  • Beterraba;
  • Batata-doce;
  • Milho;
  • Abóbora;
  • Pimentão;
  • Rabanete;
  • Laranja;
  • Damasco;
  • Melão;
  • Mamão;
  • Melancia;
  • Manga;
  • Alface;
  • Nabo;
  • Ervilha;
  • Brócolis;
  • Couve de Bruxelas;
  • Aspargos;
  • Abacate;
  • Kiwi.

Limites para consumo

“A ingestão diária recomendada da substância é de 4,8 miligramas para homens e mulheres, em muitos países europeus. O Instituto Nacional do Câncer norte americano (NCI) e o Departamento de Agricultura Norte Americano (USDA) recomendam ingestão diária de beta caroteno entre 3 e 6 gramas para prevenção de doenças crônicas. Ao considerar alimentos ricos em betacaroteno, como abóbora, cenoura, laranja, beterraba, manga e acerola, atingir essa meta não é difícil, mas a suplementação natural pode ser um bom reforço, principalmente se o objetivo for o verão”, afirma o especialista. 

O médico reforça que o excesso de betacaroteno não é indicado para tabagistas, que devem seguir as recomendações do Instituto Nacional de Câncer norte americano, com no máximo 6 mg de beta caroteno ao dia. E que o exagero no consumo de alimentos como a cenoura pode levar a um exagero na coloração laranja da pele, chamado carotenemia. Por isso sempre é importante a moderação.

De acordo com Christian Aguiar, é aconselhado consumir cerca de cinco porções desses alimentos ao longo do dia para garantir uma quantidade adequada de betacaroteno no organismo, além de outros nutrientes essenciais e compostos benéficos como fibras e vitamina C. Em casos nos quais é desafiador atingir essa meta diária, ou quando há patologias pré-existentes, como em pacientes pós-bariátricos que necessitam de suplementação devido à absorção reduzida, a opção de suplementação de betacaroteno é viável. 

Advertisement

Você também vai gostar

Saúde Mental

Professor de yoga ensina 5 exercicios eficazes no combate dos sintomas de ansiedade, bem como de outros problemas de saúde mental

Notícias

Especialista destaca a importância e detalha como é feito o check-up auditivo, quais exames inclui e quando fazer

Fitness

Sexóloga aponta 6 impactos positivos da prática regular de atividade física na saúde e no bem-estar sexual feminino

Beleza

Tanto a pele quanto as unhas exigem cuidados redobrados durante o inverno. Especialista dá dicas de como manter o autocuidado diário