Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Saúde Mental

Burnout: Marco Aurélio deixa a Globo após 18 anos de casa

O jornalista esportivo contou através do Instagram que não sentia mais vontade de trabalhar. Médico do trabalho explica o que é a Síndrome de Burnout

Burnout: Marco Aurélio deixa a Globo após 18 anos de casa
Burnout: Marco Aurélio deixa a Globo após 18 anos de casa - Foto: Reprodução Instagram (@maureliosouza)

Após 18 anos de Globo, o jornalista Marco Aurélio Souza anunciou, na noite desta quinta-feira, a saída da emissora. Através do Instagram, ele revelou sofrer com a Síndrome de Burnout, razão que o fez pedir demissão.

“Foi no fim de fevereiro deste ano que algo que eu não sabia definir me impediu de sair de casa. Certeza naquela hora só uma: eu não quero trabalhar! E, imediatamente, veio a pergunta: como alguém que tinha tanto prazer no trabalho, alguém que dizia que “nem trabalhava” de tanta afinidade com o ofício, amanhece querendo fugir do trabalho? O que eu não sabia explicar, com o acompanhamento de uma psiquiatra e um terapeuta ganhou forma e nome: síndrome de burnout”, escreveu o jornalista na legenda da publicação.

Em 2019, uma pesquisa da International Stress Management Association (Isma-BR) estimou que 32% da população mundial economicamente ativa sofria de sintomas de burnout. Outro levantamento, feito já na pandemia, apontou que 44% dos brasileiros entrevistados afirmaram que o período de convívio com a Covid-19 amplificou a sensação de esgotamento profissional.

Esse total representa, em números absolutos, algo em torno de 39,6 milhões de trabalhadores afetados no país. Em um ranking de oito países, o Brasil ocupa a primeira colocação, à frente de Singapura (37%), Estados Unidos (31%) e Índia (29%).

Síndrome de Burnout

De acordo com o Ministério da Saúde, a Síndrome de Burnout ou Síndrome do Esgotamento Profissional é um distúrbio emocional com sintomas de exaustão extrema, estresse e esgotamento físico. A condição é resultante de situações de trabalho desgastante, que demandam muita competitividade ou responsabilidade.

Conforme o médico do trabalho, Dr. Marcos Mendanha, diretor e professor da Faculdade CENBRAP, os principais sintomas do Burnout são:

  • Exaustão;
  • Esgotamento dos recursos físicos e mentais;
  • Nítida sensação de eficiência reduzida.

“Essa sintomatologia pode se apresentar de várias maneiras, inclusive com a diminuição da vontade de ir para o trabalho. O importante a ser observado são alterações. Se o colaborador gostava de ir ao trabalho e passou a não gostar; ou era bastante eficiente e a produtividade diminuiu; ou era comunicativo e agora está mais retraído e isolado, etc. Essas alterações podem indicar, a depender do contexto ocupacional, a Síndrome de Burnout”, afirma o especialista.

Por que não chamamos o Burnout de fadiga?

Porque, segundo a OMS, o Burnout decorre do estresse crônico especificamente relacionado ao trabalho. A fadiga, por outro lado, pode ser causada por qualquer tipo de estresse, como, por exemplo, um casamento conturbado ou problemas socioeconômicos, aponta o médico.

Portanto, podemos dizer que “todo Burnout é uma fadiga, mas nem toda fadiga é um burnout”. “A fadiga só será equivalente ao Burnout quando o estresse que lhe deu origem for especificamente relacionado ao trabalho, sem relação com outras áreas da vida do indivíduo”, reforça o Dr. Marcos.

Quando procurar ajuda?

Ninguém conhece melhor o trabalhador do que ele mesmo. Por isso, diante de qualquer uma das alterações mencionadas, o profissional de saúde mental deve ser requisitado. “Vale ressaltar que, da mesma maneira como cuidamos do nosso corpo sem nenhum pudor ou preconceito, nossa saúde mental deve ser cuidada e priorizada também”, destaca o especialista.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Médico aponta que a acupuntura pode trazer benefícios para pacientes com artrite reumatoide, doença intestinal inflamatória e esclerose múltipla

Saúde Mental

Influenciadora recebeu diagnóstico para psicose aguda após desistir do reality show. Entenda as causas e os sintomas do transtorno

Notícias

Assim como escovar os dentes todos os dias, médico otorrino recomenda realizar a lavagem nasal diariamente

Doenças

Com aspectos bastante semelhantes, o lipedema e a celulite são frequentemente confundidos, o que atrapalha o tratamento das condições