Connect with us

O que você está procurando?

Doenças

Cansaço, palidez e mais: conheça os sintomas da anemia

Em 90% dos casos, a anemia é causada pela deficiência de ferro. Saiba quais indícios o corpo dá e quais os riscos do problema de saúde

Cansaço, palidez e mais: conheça os sintomas da anemia
Cansaço, palidez e mais: conheça os sintomas da anemia - Foto: Shutterstck

A anemia é caracterizada pela baixa quantidade de hemoglobina no sangue. Ela pode ter como causa desde razões hereditárias a doenças autoimunes. Mas, geralmente, é resultado de uma alimentação desbalanceada e carente de nutrientes, especialmente ferro, zinco, vitamina B12 e proteínas. Estima-se que a grande maioria dos casos de anemia (cerca de 90%) sejam causados pela deficiência de ferro no organismo.

Segundo o Ministério da Saúde, crianças, gestantes, lactantes, meninas adolescentes e mulheres adultas em fase de reprodução são os grupos mais afetados pela doença. Muito embora homens – de todas as idades – também possam desenvolver a condição.

“A anemia não é exatamente uma doença, mas uma complicação normalmente acompanhada por uma ou mais doenças. Por isso, costumamos chamá-la de síndrome anêmica, e o diagnóstico certo é fundamental para definir o tratamento, inclusive o preventivo”, explica o Dr.Ronald Sergio, médico do hospital HSANP e mestre em hematologia pela USP.

Sintomas da anemia

Os sinais e sintomas da carência de ferro são inespecíficos. Por isso, é necessário a realização de exames laboratoriais de sangue que possam confirmar o diagnóstico de anemia ferropriva. Conforme o Ministério da Saúde, os principais sinais e sintomas são: 

  • Cansaço generalizado; 
  • Falta de apetite;
  • Palidez de pele e mucosas (parte interna do olho e gengivas);
  • Menor disposição para o trabalho;
  • Dificuldade de aprendizagem nas crianças;
  • Apatia.

Consequências

O Ministério da Saúde alerta para as principais consequências da anemia:

  • Diminuição da capacidade de aprendizagem;
  • Diminuição da produtividade no trabalho;
  • Retardamento do crescimento;
  • Apatia (morbidez);
  • Perda significativa de habilidade cognitiva;
  • Baixo peso ao nascer e mortalidade perinatal.

Além disso, pode ser a causa primária de uma entre cinco mortes de parturientes ou estar associada a até 50% das mortes. Esses efeitos sobre a saúde física e mental afetam a qualidade de vida, a produtividade e diversos fatores podem ser os causadores da doença, como:

  • Em gestantes: alimentação inadequada, não uso de suplemento de ferro profilático, complicações nutricionais, parasitoses.
  • Durante o parto/nascimento: clampeamento precoce do cordão umbilical, ausência de leite materno na primeira hora de vida, parasitoses.
  • Nos primeiros 6 meses de vida: ausência do aleitamento materno exclusivo, introdução precoce de alimentos e outros leites, parasitoses.
  • A partir dos 6 meses: alimentação complementar inadequada, baixa ingestão de ferro heme, não uso de suplemento de ferro profilático, elevada necessidade de ferro, parasitoses.
Advertisement

Você também vai gostar

Emagrecer

Quem está se propondo a perder peso muitas vezes recupera o antigo número na balança. Conheça algumas dicas para emagrecer de forma definitiva

Doenças

Médica aponta que 50% das pacientes com lipedema também apresentam varizes. Veja como iniciar o tratamento das condições

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa