Connect with us

O que você está procurando?

Saúde Mental

Comparações levaram Ed Sheeran a transtorno alimentar; entenda causas

O cantor afirmou que desenvolveu transtorno alimentar após se comparar fisicamente com Justin Bieber e Shawn Mendes. Saiba o que causa o distúrbio

Comparações levaram Ed Sheeran a transtorno alimentar; entenda causas
Comparações levaram Ed Sheeran a transtorno alimentar; entenda causas - Foto: Reprodução Instagram (@teddysphotos)

Ed Sheeran, 32, revelou recentemente que desenvolveu um transtorno alimentar ao comparar seu corpo com o de outros cantores, como Shawn Mendes e Justin Bieber. O distúrbio o fazia comer compulsivamente e vomitar na sequência. Ele chegou a comparar seus problemas com os de Elton John, que revelou em sua autobiografia que desenvolveu bulimia.

Em entrevista à Rolling Stone, Ed admitiu que começou a se incomodar com sua imagem depois de fazer parceria com o cantor canadense e Shawn Mendes. Segundo ele, a figura “malhada e tonificada” do artista o deixou  “loucamente desconfortável”. Isso o levou a comer de maneira compulsiva, até vomitar tudo em seguida.

Ele também confessou ser uma pessoa “compulsiva em tudo”, e refletiu sobre o seu transtorno alimentar que perdurou por muitos anos. O cantor pontuou que agora seu foco é ter compulsão por exercícios.

O que é um transtorno alimentar?

Os distúrbios ou transtornos alimentares são perturbações da alimentação. Eles se caracterizam  por alterações na forma de se alimentar, o que normalmente ocorre devido a uma preocupação excessiva com o peso e a aparência do corpo — que pode ser resultado de comparações, por exemplo. Por isso, é possível que a pessoa fique várias horas sem se alimentar, faça uso frequente de laxantes e evite sair para comer em locais públicos, por exemplo.

Os transtornos alimentares podem trazer consequências sérias para a saúde, como problemas nos rins, no coração e até mesmo a morte. Isso porque pode haver a falta ou o excesso de nutrientes, dependendo do transtorno alimentar, o que interfere no funcionamento de alguns órgãos.

“De forma geral, os transtornos alimentares surgem com mais frequência nas mulheres, especialmente durante a adolescência. Eles costumam estar ligados a problemas como falta de aceitação do próprio corpo, baixa autoestima, ansiedade e depressão”, esclarece a médica nutróloga Dra. Marianna Magri.

Existem diversos tipos de transtornos alimentares, mas os três mais comuns são: anorexia, bulimia e transtorno de compulsão alimentar, aponta a especialista. “90% dos casos de diagnósticos do transtorno alimentar se enquadram dentro desses três casos.” complementa Marianna.

Bulimia

A bulimia, transtorno descrito por Ed Sheeran, é caracterizada por episódios frequentes de compulsão alimentar, nos quais há um consumo de grandes quantidades de comida, seguido de comportamentos compensatórios. Como, por exemplo, forçar o vômito, usar laxantes ou diuréticos, ficar sem comer e praticar exercícios em excesso para tentar controlar o peso.

Os principais sintomas da bulimia são inflamação crônica na garganta, refluxo gástrico, cáries e sensibilidade nos dentes. Além disso, praticar muito exercício físico, comer grandes quantidades escondido, sofrer desidratação e apresentar problemas gastrointestinais também são alguns sinais de alerta.

Já a principal característica da compulsão alimentar são episódios frequentes de comer exageradamente, mesmo quando não se tem fome, ou a ingestão excessiva de alimentos hipercalóricos. Existe uma perda do controle sobre o que se come, mas não existem comportamentos compensatórios como vômitos ou uso de laxantes.

Alguns dos principais sintomas da compulsão são comer em excesso mesmo sem fome, dificuldade para parar de comer, comer muito rápido, excesso de peso e consumir alimentos estranhos, como arroz cru ou feijão gelado, por exemplo.

Advertisement

Você também vai gostar

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar

Medicamentos

Anfetamina prescrita para TDAH é frequentemente usada como um estimulante. Conheça os riscos do Venvanse

Fitness

Especialista em fisiologia do exercício aponta as principais diferenças entre crossfit, musculação, treino funcional e calistenia