Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Dia Mundial do Coração: 7 pilares para cuidar da saúde cardíaca

Cardiologista indica os sete principais cuidados que devem ser adotados ao longo de toda a vida para preservar a saúde do coração

Dia Mundial do Coração: 7 pilares para cuidar da saúde cardíaca
Dia Mundial do Coração: 7 pilares para cuidar da saúde cardíaca - Foto: Shutterstock

Hoje é comemorado o Dia Mundial do Coração (29/09). A data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância de manter uma vida saudável desde a infância. Isso porque esta é a principal forma de evitar o surgimento de doenças cardiovasculares, que representam a principal causa de morte no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, o país registra cerca de 400 mil mortes por ano.

“Sabemos  que as doenças cardiovasculares são uma das principais causas de morte em todo o mundo, e ninguém quer ser uma estatística. Por isso, eu trouxe algumas medidas necessárias para evitar e controlar essas doenças”, afirma a Dra. Thalita Merluzzi, médica cardiologista do hospital Albert Einstein. A profissional destaca algumas ações fundamentais para prevenção e controle de doenças que afetam a saúde do coração. Confira:

7 pilares para cuidar da saúde do coração

1. Fique atento à sua alimentação: uma dieta equilibrada e saudável é essencial para a saúde do coração. Portanto, procure incluir alimentos ricos em fibras, como frutas, legumes e grãos integrais, e evite alimentos processados e ricos em gorduras saturadas e trans. Além disso, priorize proteínas boas como peixe, frango e carnes sem excesso de gorduras. 

2. Pratique exercícios regularmente: a atividade física é uma das melhores maneiras de manter o coração saudável. Por isso, dedique pelo menos 30 minutos por dia a exercícios aeróbicos, como caminhar, correr, nadar ou pedalar e intercalar  com  exercícios que promovem o fortalecimento como musculação, funcional e pilates. 

3. Mantenha um peso saudável: o excesso de peso pode colocar uma pressão extra no coração e aumentar o risco de doenças cardiovasculares. Portanto, é importante manter um peso adequado através de uma dieta balanceada e exercícios físicos regulares.

4. Não fume: o tabagismo é uma das principais causas de doenças cardiovasculares. Fumar danifica os vasos sanguíneos, aumenta a pressão arterial e reduz a quantidade de oxigênio disponível para o coração. Portanto, se você é fumante, é hora de largar esse hábito.

5. Controle o estresse: o estresse crônico está associado a um maior risco de doenças cardíacas. Procure maneiras saudáveis de lidar com o estresse, como meditar, praticar yoga ou reservar um tempo para atividades relaxantes.

6. Faça exames regulares: consulte um médico regularmente para fazer exames de rotina e verificar seus níveis de pressão arterial, colesterol e açúcar no sangue. Isso ajudará a identificar precocemente qualquer problema cardiovascular e tomar as medidas necessárias para evitá-lo ou controlá-lo.

7. Reduza o consumo de álcool: o consumo excessivo de álcool pode aumentar a pressão arterial e os níveis de triglicerídeos, colocando em risco a saúde do coração. 

A prevenção é o melhor caminho

“Lembre-se de que a prevenção é sempre melhor do que o tratamento. Portanto, comece agora mesmo a adotar essas ações fundamentais em seu estilo de vida para evitar e controlar as doenças cardiovasculares. Cuide bem do seu coração e viva uma vida longa e saudável”, finaliza a especialista.

Advertisement

Você também vai gostar

Medicamentos

Anfetamina prescrita para TDAH é frequentemente usada como um estimulante. Conheça os riscos do Venvanse

Fitness

Especialista em fisiologia do exercício aponta as principais diferenças entre crossfit, musculação, treino funcional e calistenia

Emagrecer

Diversos fatores levam ao ganho de peso. Conhecê-los é fundamental para conseguir emagrecer definitivamente

Dor

Diversos sintomas podem atingir o joelho, uma articulação naturalmente sobrecarregada. Entenda se os “estalos” exigem atenção