Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Filha de Neymar passou por frenectomia: conheça o procedimento

Com apenas 5 meses, Mavie passou por uma frenectomia lingual para corrigir a língua presa. Entenda a cirurgia

Filha de Neymar passou por frenectomia: conheça o procedimento
Filha de Neymar passou por frenectomia: conheça o procedimento - Foto: Reprodução Instagram (@neymarjr)

Mavie, filha de Neymar e Bruna Biancardi, passou por uma frenectomia lingual para corrigir a língua presa, também conhecida como anquiloglossia. Após a recuperação da bebê, Bruna destacou nas redes sociais a importância de uma avaliação com um fonoaudiologista para identificar o problema. O procedimento, contudo, é feito por um profissional dentista.

De acordo com Ilana Marques, odontopediatra da IGM odontopediatria, a língua presa é uma condição em que o freio lingual, membrana que conecta a língua à parte inferior da boca, é mais curto do que o normal.

“Isso pode resultar em limitações de movimento da língua, afetando a capacidade da criança de mamar, falar e realizar outras funções bucais adequadamente”, explica a especialista.

O que é a frenectomia e quando fazer

Segundo Ilana, a cirurgia de frenectomia lingual é um procedimento relativamente simples e comum. Na cirurgia, o dentista corta o frênulo lingual para permitir um maior movimento da língua. “Geralmente, usa-se anestesia local e não requer internação hospitalar prolongada”, complementa. 

Mavie tem apenas 5 meses, mas já a partir dos 3 meses de vida é possível realizar o procedimento, destaca a odontopediatra. 

Ela ressalta que quanto mais cedo realizar o procedimento melhores os benefícios. Porém, em qualquer idade que se detectar a língua presa, indica-se fazer a frenectomia. Isso porque as sequelas de não se fazer hora ou outra aparecem e só vão se agravando.

A intervenção precoce, como no caso de Mavie, pode ajudar a evitar complicações futuras e garantir um desenvolvimento oral saudável para a criança. “É essencial que os pais estejam atentos aos sinais de anquiloglossia em seus filhos, como dificuldade de amamentação, problemas na fala e dificuldades de higiene bucal”, explica.

A profissional ressalta a importância de consultar um médico ou um especialista em odontopediatria. Assim é possível avaliar a necessidade de intervenção e garantir o bem-estar bucal da criança. “A decisão de submeter a filha tão jovem a essa cirurgia reflete o cuidado e a preocupação dos pais com sua saúde e desenvolvimento”, diz Ilana. 

Pós-cirúrgico


Após a cirurgia, é essencial o acompanhamento de uma fonoaudióloga que será responsável pela reabilitação do paciente. “Espera-se que, após a recuperação, a criança possa desfrutar de uma vida sem as limitações causadas pela língua presa, podendo se desenvolver plenamente em todas as áreas de sua vida”, conclui a odontopediatra.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar