Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Gamer bebe 3 litros de refrigerante por dia e desenvolve osteoporose

Neto Silva consumia até 3 litros de refrigerante, café e energéticos para passar 18 horas jogando. Aos 21 anos de idade, desenvolveu osteoporose

Gamer bebe 3 litros de refrigerante por dia e desenvolve osteoporose
Gamer bebe 3 litros de refrigerante por dia e desenvolve osteoporose - Foto: Shutterstock

O gamer e streamer José Neto, de 21 anos, mais conhecido como Neto Silva, chegou a faturar mais de R$ 1 milhão jogando Free Fire — tarefa que não foi fácil, e exigiu muito da sua saúde. O jovem adotou hábitos aparentemente inofensivos, mas arriscados, para se manter em destaque no jogo. A rotina acabou resultando em uma osteoporose precoce.

Todos os dias, eu tomava 3 litros de refrigerante e mais 1 litro de café, além de energéticos. Cheguei até a substituir a água para beber refrigerante. Eu precisava disso para me manter acordado e jogar durante 18 horas para me manter no top 1 global de Free Fire”, conta ele.

Logo seu organismo passou a apresentar sinais bastante incomuns para a sua idade. “Comecei a sentir muitas dores no corpo, não encontrava muito bem uma posição [confortável] pra dormir, sentia o osso doendo. Um dia, inventei de sair para correr e comecei a torcer os pés logo nos primeiros passos. Já sentia muita dor nas costelas antes de dormir, mas achava que era por conta da má postura, por ficar muitas horas sentado na cadeira. Mas, quando aconteceu isso, durante a corrida, fui para o hospital no mesmo dia”, relata.

No hospital, o gamer realizou uma densitometria óssea — exame para avaliar a densidade dos ossos. Foi quando a equipe médica constatou que o jovem estava com osteoporose primária do tipo 2, chamada também de osteoporose senil, que consiste na deficiência de cálcio. Neto, entretanto, não tinha histórico do problema em sua família.

A condição, no entanto, só se torna comum após a chamada “meia idade”. De acordo com o Ministério da Saúde, estima-se que cerca de 50% das mulheres e 20% dos homens com idade igual ou superior a 50 anos sofrerão uma fratura osteoporótica ao longo da vida. Por isso, a suspeita é que a condição de Neto tenha origem em seus hábitos alimentares.

Os maus hábitos associados à osteoporose

Segundo o Dr. Luiz Felipe Carvalho, ortopedista especialista em coluna vertebral e medicina regenerativa, a relação entre o consumo exagerado de refrigerante e a osteoporose ainda é estudada pelos cientistas, mas isso não exclui o impacto da bebida na saúde dos ossos.

“Por conter grande quantidade de ácido fosfórico, eles causam a diminuição da quantidade de cálcio presente nos ossos. Também há um estudo que mostra que apenas um tipo de refrigerante está ligado à baixa densidade mineral dos ossos, sendo que neste estudo é mostrado o efeito em mulheres”, comenta o especialista.

Além do refrigerante, o jovem também ingeria muito café e energético. De acordo com o Dr. Fabiano, o café, em especial, é outra bebida que pode dificultar a absorção de cálcio no organismo. Como consequência, ele provoca o enfraquecimento dos ossos. 

Outras maneiras de ganhar energia

Neto afirmou que ingeria essas bebidas para ter energia para jogar até 18 horas por dia. Porém, uma rotina saudável poderia ser ainda mais eficiente em lhe oferecer a disposição necessária. Afinal, energia está totalmente ligada à qualidade de vida, destaca o ortopedista. 

“Qualidade de vida tem a ver com alimentação saudável, vitaminas em dia, exercício físico, horas de sono e saúde mental. Claro, ele pode ter uma dieta específica focada na alta performance, mas sem o básico, não tem como”, destaca o médico.

Neto afirma que, após o diagnóstico, iniciou o tratamento medicamentoso, repondo cálcio e vitamina D. Ele ainda notou melhora clínica após iniciar uma rotina de atividades físicas, adoção de alimentação saudável e melhora na qualidade de sono. 

Advertisement

Você também vai gostar

Emagrecer

Quem está se propondo a perder peso muitas vezes recupera o antigo número na balança. Conheça algumas dicas para emagrecer de forma definitiva

Doenças

Médica aponta que 50% das pacientes com lipedema também apresentam varizes. Veja como iniciar o tratamento das condições

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa