Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Gisele Bündchen abandonou o álcool: por que parar de beber?

Gisele revelou ter cortado o consumo de bebidas alcoólicas ao completar 40 anos, o que lhe proporcionou diversos benefícios na qualidade de vida

Gisele Bündchen abandonou o álcool: por que parar de beber?
Gisele Bündchen abandonou o álcool: por que parar de beber? - Foto: Reprodução Instagram (@gisele)

Recentemente, a supermodelo Gisele Bündchen, 43, contou em entrevista à revista americana “People” que cortou completamente o consumo de álcool em sua vida após completar 40 anos. “Fiquei mais clara. Antes me sentia um pouco mais confusa. Agora estou muito perspicaz e muito presente, e percebo coisas que não percebia antes. Quando eu não estou bebendo, eu durmo muito melhor”, revelou.  

De acordo com a naturopata Fernanda Capobianco, certificada como coach e terapeuta de nutrição integrativa pelo Landmark Worldwide e pelo Instituto de Nutrição Integrada, ambos em Nova York, o álcool piora a memória e o sono de algumas pessoas, principalmente após os 40 anos. 

Impacto do álcool no organismo

“Para essas pessoas, mais de duas taças de álcool por semana podem mantê-los acordados, aumentar a retenção de água, o inchaço e as enzimas do fígado. Então, a pessoa se sente devagar porque não consegue processar os hormônios e as outras químicas internas do corpo. O trabalho do fígado é limpar o lixo do corpo e se você estiver mantendo-o ocupado com álcool, ele não consegue fazer o seu trabalho”, explica. 

Por isso, as ressacas e consequências são mais fortes com o passar da idade, afirma Fernanda. A mulher aos 40 anos sente mais do que os homens, porque os hormônios estão em pleno “movimento” e declínio, então, o impacto pode parecer maior.    

“O álcool desacelera o metabolismo e desregula os hormônios grelina e leptina, responsáveis pelo controle de apetite e saciedade. Ou seja, atrapalha os mecanismos naturais do organismo e facilita o ganho de peso. Com isso, também aumenta a vontade de comer mais fast food e comfort foods depois de uma noite de bebidas”, alerta a naturopata.

Além disso, o álcool afeta ainda a microbiota intestinal, pois mata as bactérias boas. Isso também gera um declínio da produção de neurotransmissores de serotonina, hormônio da felicidade. Ou seja, o impacto também se estende para a saúde mental.

Benefícios da abstinência

De acordo com a especialista, reduzir ou cortar a ingestão de álcool pode trazer vários benefícios para a saúde, como uma pele mais bonita e hidratada, um metabolismo saudável, mais facilidade para emagrecer, melhora na memória e nas funções cognitivas, melhores noites de sono e menos necessidade de ingerir frituras e fast foods.

Advertisement

Você também vai gostar

Alimentação

Para quem sofre com sintomas como inchaço, fadiga, insônia e imunidade baixa, a dieta anti-inflamatória pode ser uma solução

Notícias

Corredora utilizou cera de cabelo para fazer tranças e, após transpirar, o produto atingiu os olhos causando uma inflamação na córnea

Notícias

Medir a pressão arterial é fundamental para prevenir uma série de doenças graves. Saiba como fazer adequadamente

Doenças

A cirurgia refrativa pode reduzir ou eliminar a reduzir a dependência de óculos ou lentes de contato. Saiba como é o procedimento