Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Manteiga é mais saudável do que margarina? Entenda

Uma tem origem em gordura animal, enquanto a outra é composta por gordura vegetal. Descubra qual a melhor opção de consumo

Manteiga é mais saudável do que margarina? Entenda
Manteiga é mais saudável do que margarina? Entenda - Foto: Shutterstock

Uma das primeiras mudanças na rotina alimentar de quem busca ter uma dieta mais saudável é substituir a manteiga pela margarina. Isso porque é comum acreditar que a primeira opção é melhor para a saúde. No entanto, antes de definir exatamente qual é a mais indicada, é preciso entender as diferenças entre os dois produtos.

Segundo a nutricionista e diretora técnica na rede Emagrecentro, Sylvia Ramuth, apesar das duas opções serem comuns na cozinha, ambas apresentam diferenças significativas em sua composição, sabor e processamento. 

“A manteiga é feita principalmente de gordura do leite, enquanto a margarina é feita de óleos vegetais, geralmente de fontes como a soja, canola e girassol ou até mesmo uma mistura desses óleos hidrogenados para solidificar a uma temperatura ambiente”, explica.

Ou seja, enquanto a manteiga tem origem na gordura animal, a margarina é proveniente da gordura vegetal. Isso por si só, no entanto, ainda não esclarece o potencial dos produtos à saúde. 

Vale destacar que a margarina é um alimento ultraprocessado. “Ela é produzida por meio do processo de hidrogenação, que cria gorduras trans artificiais e aumenta o prazo de validade e a durabilidade da margarina. Quanto mais sólida for a consistência da margarina, maior será o percentual de gordura trans”, revela a nutricionista.

Afinal, qual é mais saudável?

Conforme Sylvia, nas décadas anteriores, a opinião científica era de que a manteiga tinha um elevado teor de gordura e, portanto, era prejudicial à saúde. Foi neste contexto que a margarina surgiu como uma alternativa mais saudável. 

“Mais tarde, porém, especialistas perceberam que a manteiga é mais saudável do que a margarina. Isso porque esta última é fortemente processada a partir de óleo vegetal”, afirma.

Ela lembra que existe uma quantidade recomendada de consumo de gorduras, incluindo as provenientes de fontes como a margarina e a manteiga. 

“As diretrizes alimentares variam de acordo com as autoridades de saúde e as necessidades individuais. Contudo, geralmente as recomendações se baseiam em um consumo moderado de gorduras, priorizando as gorduras insaturadas e evitando as gorduras trans”, aponta.

Manteiga ou margarina: como escolher

Embora a manteiga já tenha sido a “vilã” por conter gordura saturada, Sylvia aponta que ela é um produto muito mais natural para o nosso corpo do que a margarina. 

“Portanto, trata-se de uma opção mais interessante para o consumo, principalmente por a manteiga, que é um produto lácteo obtido após a separação da nata do leite, apresentar em sua composição proteínas, cálcio e fósforo com algumas vitaminas essenciais solúveis em gordura, como vitaminas A, D e E”, diz a profissional.

Já no quesito sabor, a manteiga tende a se destacar por apresentar um sabor mais rico, enquanto a margarina tende a ser mais neutra, principalmente nas versões sem sal.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar